A minha primeira vez no Dragao

Vudu

Administrador
Membro do Staff
A minha primeira vez no Dragao na verdade nao foi a primeira vez no estádio do FCP.
A minha primeira vez a ver o Dragao ao vivo foi no Estádio das Antas algures por volta de 1995.

Gostava de dizer que nasci e cresci portista mas, a verdade, é que fui primeiro do Estrela da Amadora e só mais tarde acordei para a vida e me tornei portista.
E desde essa idade, devia ter aí uns 8 ou 9 anos, que queria muito ir ver as estrelas ao vivo ao grande estádio das Antas.
Como a "birra" já durava a algum tempo o meu querido padrinho (que em paz descanse) fez um favor aos meus pais e decidiu levar-me á bola. Ele era técnico da PT e em dias de jogo dava apoio técnico na bancada de imprensa e acho que era porreiro levar o afilhado numa dessas visitas. Para mim era um grande mix de excitacao pois se por um lado ia finalmente ás Antas também era igualmente importante que eu fosse ver a bola com o meu padrinho (com eu quem nunca tinha estado sozinho muito menos ir a algum lugar). Á hora marcada, lá me veio buscar no seu Citroen Dyane e lá fomos nós. Devo confessar que houve um olhar estupefacto do meu padrinho que eu deveria ter levado mais em conta. Quando entrei no carro, de cachecol e um peluche (Sr.Matosinhos 94/95) azul e branco ele olhou para mim e só perguntou " Tens a certeza que queres levar isso?" e perante a minha resposta afirmativa lá arrancou.

Estava todo entusiasmado, vi o carro sair de Lordelo, meter pela Avenida da Boavista e quando esperava a habitual volta á direita para apanhar a VCI heis que comecamo a fazer outro caminho. Um caminho fácil de reconhecer mas que eu nao entendia. Estavamos a caminho do Estádio do...Bessa!
Pois é meus caros...houve alguma falha de comunicacao entre o meu padrinho e os meus pais e o jogo que ele me ia levar a ver era um...Boavista - Sporting.

Felizmente tive tempo de deixar o cachecol e o peluche no carro e ainda hoje guardo boas recordacoes desse jogo. Mal sabia eu que uns anos mais tarde viria a ser atleta do Boavista e estudar mesmo em frente ao estádio durante grande parte da minha vida.


Talvez sensibilizado pela minha desilusao anterior, o meu pai encheu-se de brio e decidiu levar-me ás Antas na semana seguinte.
Confesso que muito do meu entusiasmo desvaneceu-se por pensar que de alguma forma ia acabar por ir parar ao Bessa outra vez. Felizmente nao foi assim.
Nao me lembro de contra quem jogamos (tenho uma ideia que era o Campomaiorense) mas lembro-me das bancadas cheias, do fumo dos cigarros, do homem da trompeta (que achei tao incrível na altura), dos gritos dos senhores de idade (naquela altura eu pensava que senhores de idade nao diziam palavroes) e de tantas outras coisas que fizeram de mim um portista de coracao e o estádio das Antas um lugar de sonhos.
O meu pai, que já na altura nao tinha grande paciencia para confusoes, quis comecar a sair antes dos descontos. Dizia ele que era para evitar o transito e que o resultado já nao ia sair do mesmo (estavamos empatados). Eu, rejeitei a desconfianca do meu pai, e fiz tudo o possível para ficar mais uns segundos naquelas bancadas de pedra. "Mais um bocadinho pai, só mais um bocadinho.". E de bocadinho e bocadinho fomos caminhando até a saída e quando estavámos prestes a sair das bancadas..." Quinzinho na área, na recarga...e é GOLOOOOOOOOOO...do PORTOOOOOO!!".
Que emocao, tinhamos dado a volta ao resultado no último minuto e logo por gajo que tinha um nome inesquecivel...QUINZINHO!
Adoro regressar a este dia e ao golo do Quinzinho e acho que se tivesse sido de outra forma, se nos tivessemos ido embora nao ia ser a mesma coisa, nao sera mesma emocao. Para sempre vou ser fa do Quizinho (outro que já se foi) e para sempre vou ser fa do Estádio das Antas.
 

Vudu

Administrador
Membro do Staff
espero que gostem de ler e também que partilhem as vossas primeiras vezes no Dragao ou nas Antas


ou na Constituicao :)
 
A minha primeira ida às Antas foi numa visita de estudo. Era manhã de treino. Entramos para um dos topos. Entra um gajo com o saco das bolas: loucura dos catraios.

Pouco depois o Fernando Santos mandou-nos embora. :lol:

Não me lembro que visita era aquela, nem como raio uma turma da escola primária entrou por lá na boa.

Primeiro e único jogo nas Antas também foi com o Campomaiorense, não sei situar muito bem no tempo, mas ganhamos 2-0 e era uma tarde de sol.

Primeira vez no Dragão foi na apresentação de 2006/07. 1-0 à Roma. As minhas primas queriam estar nas primeiras filas para ver os gajos jeitosos. Eu detestei porque não se percebia um crl do jogo.
 

Catalao

Portista Divino
Primeira vez no Dragão foi um Porto-Braga, o meu clube do coração contra o clube da terra.

Época 2006/2007, ganhamos com um golo do Adriano Macaco nos primeiros minutos.
 

24hdragao

Only One Race The Human Race
A minha primeira foi contra o GDChaves, julgo que em 82/83 ou 83/84 e não me lembro a certo do resultado mas julgo que ficou 2 ou 3 zero para o FCP.

Foi há tanto tempo que me parece ter sido noutra vida :sleep:

Não me sinto velho mas estou velho :mrgreen:
 

DLX17

DLX17
Contra o Chelsea para a Champions na época 2004/2005... Estava por trás da baliza norte.

Fui com amigos e amigas, uma delas era completamente obcecada pelo Diego e pelo Seitaridis, nem imaginam a loucura da moça quando o Diego marcou
 

FCPorto28

Portista Divino
A minha primeira e única vez no Dragão foi na pré-época de 2014 mas foi para ver a despedida do Deco, graças ao Hugofeg aka Maxifeg que me disse para entrar em contacto com os SD de Cascais, assim foi e lá fui com o meu pai que já tinha ido muitas vezes às Antas mas que também nunca tinha ido ao Dragão, também era suposto ir ao Museu mas fecharam aquilo para o Messi, Eto'o, etc, fdps :mrgreen:
 

Thegodfather

Portista Divino
A minha primeira vez a ver o FC Porto ao vivo foi no estádio da Antas, jogo contra o Varzim para o campeonato, em 97 ou 98. Não me recordo do resultado, mas sei que vencemos. Para sempre me ficou marcado a primeira vez que vi o relvado das antas, e como era muito mais bonito e muito maior do que aquilo que via pela TV.
No Dragão o meu primeiro jogo foi contra a Académica em 2005 na ultima jornada da liga onde tínhamos de ganhar e esperar que a rotunda derrotasse os vermelhos. Empatamos 1-1 Ibson marcou para o FC Porto e eles empataram quase a acabar. Recordo-me que ainda festejamos o golo dos da rotunda que na altura lhes dava o empate, e portanto durante bastante tempo ainda houve alguma esperança no estádio. No final não correu nada bem e não foi de facto a melhor estreia no Dragão. Porém depois disso e até à época 2015/16 que foi quando comprei pela primeira vez o lugar anual, sempre que ia ao Dragão nunca perdíamos.
 

NERU

Portista Divino
Foi em 2001 no antigo estádio das Antas, ganhamos 3-0 ao setúbal e ainda cumprimentei o Fernando Mendes (que tinha estado no porto na época anterior) no campo de aquecimento que tinha atrás do relvaldo e tinha vista da bancada. No Dragão nao me lembro qual foi o 1º jogo, ja tou farto de pensar mas acho que o mais antigo que me lembro é um contra o sertanense para a taça com o hulk a fazer um golaço de livre de longe mas acho que ja tinha ido antes, num jogo em que o cabrao do coentrao fez um hatrick (pelo nacional acho) com o porto já campeão, so nao me lembro se é antes do da taça.

Boa ideia de topico.
 

respectivo

Portista Divino
A primeira vez que vi o FC Porto ao vivo foi no célebre Clube Hóquei dos Carvalhos.
Fui no colo do meu avô, antigo guarda redes dos Carvalhos, e no FIAT 127 do meu tio.

Lembro-me que as pipocas eram salgadas, e de ficas fascinado com isso. Até esse dia eu pensava que só existiam pipocas doces. Fiquei mesmo desiludido na altura...

Lembro-me que o meu avô colocou duas fitas na minha chupeta, uma azul e outra branca. E eu tinha um daqueles chapéus que os putos usam no infantário, tipo chapéu de pescador de fim de semana. O chapéu dava para virar. De um lado era azul, do outro vermelho. Lembro-me do meu tio virar o chapéu do avesso, de modo a ficar com o lado azul para fora, e empurra-lo na minha cabeça...

Foi a primeira vez que vi o FC Porto ao vivo
 
Foi em 2001 no antigo estádio das Antas, ganhamos 3-0 ao setúbal e ainda cumprimentei o Fernando Mendes (que tinha estado no porto na época anterior) no campo de aquecimento que tinha atrás do relvaldo e tinha vista da bancada. No Dragão nao me lembro qual foi o 1º jogo, ja tou farto de pensar mas acho que o mais antigo que me lembro é um contra o sertanense para a taça com o hulk a fazer um golaço de livre de longe mas acho que ja tinha ido antes, num jogo em que o cabrao do coentrao fez um hatrick (pelo nacional acho) com o porto já campeão, so nao me lembro se é antes do da taça.

Boa ideia de topico.
Foi antes foi. 2007/08.
 

Enigmatic

Portista Divino
O meu pai trabalhou como roupeiro no Porto mas infelizmente não tive a possibilidade de entrar nas Antas, ao contrário da minha irmã que já ia ao estádio dentro da barriga. É das coisas que me deixa mais triste, não ter tido a possibilidade de lá entrar, no entanto lembro-me que sempre que passava na auto estrada e via o estádio era uma alegria imensa.

A primeira vez que entrei no Dragão foi através de uns convites que me arranjaram, foi contra o Marítimo e ficou 0-0 (época 2008/09). Desde então comecei a ser presença mais assídua no estádio tento tido, inclusive, lugar anual na bancada sul na época 2014/15 - tenho o estandarte do Danilo que me deu a camisola dele a 5 de Outubro (jogo contra o Braguilha). Mais recentemente, deixei de ir por causa de vários fatores (trabalho e, acima de tudo, não conseguir gastar dinheiro desnecessariamente para ver chutão pra frente).
 

Charlie Brown

Portista Divino
A minha primeira vez a ver o FC Porto ao vivo foi no estádio da Antas, jogo contra o Varzim para o campeonato, em 97 ou 98. Não me recordo do resultado, mas sei que vencemos. Para sempre me ficou marcado a primeira vez que vi o relvado das antas, e como era muito mais bonito e muito maior do que aquilo que via pela TV.
No Dragão o meu primeiro jogo foi contra a Académica em 2005 na ultima jornada da liga onde tínhamos de ganhar e esperar que a rotunda derrotasse os vermelhos. Empatamos 1-1 Ibson marcou para o FC Porto e eles empataram quase a acabar. Recordo-me que ainda festejamos o golo dos da rotunda que na altura lhes dava o empate, e portanto durante bastante tempo ainda houve alguma esperança no estádio. No final não correu nada bem e não foi de facto a melhor estreia no Dragão. Porém depois disso e até à época 2015/16 que foi quando comprei pela primeira vez o lugar anual, sempre que ia ao Dragão nunca perdíamos.
Esse 1-1 com a Académica também foi o meu primeiro jogo no Dragão! Lembro-me que ficou 1-1, mas não me recordo de ter sido um jogo do título. Era puto, tinha uns 7 anos, por isso eu estava apenas todo contente por ter ido ao Estádio. Antes tinha ido às Antas, mas numa visita guiada com os meus pais. Demos umas voltas numa das curvas e descemos ao relvado e fomos embora. Disso já pouco me lembro.

Curiosamente, desde esse 1-1 com a Académica, sempre que fui ao Dragão ganhamos sempre :happy:
 

Jorge FX

Portista Divino
Só tive oportunidade de ir duas vezes. A primeira foi na altura do André Villas-Boas, para a Liga Europa, empatámos 1-1 c/o Besiktas. A segunda vez foi mais recente, 1-0 ao Braga com golo de Soares. Espero ter oportunidade de voltar o quanto antes. :bandeira1:
 

sapunaru

Portista Divino
No meu caso tive a sorte de ser um jogo especial. 25 de Abril de 2004, o Porto recebeu o Alverca depois de se ter sagrado campeão na noite anterior (o Sporting tinha perdido na noite anterior com o Leiria). Obviamente que teria preferido ter sido campeão naquele jogo mas de qualquer forma todo aquele clima de festa e euforia foi uma experiência espetacular para um míudo de 6 anos :heart: Ganhamos por 1-0 com aquele que era na altura o 1º golo do Bosingwa com a camisola do Porto.

Já agora aproveito este tópico para me confessar. Devido ao facto de às vezes ter bilhetes grátis para jogos do Boavista e de morar perto do Estádio do Bessa, eu já vi mais jogos ao vivo do Boavista do que do Porto:medinho: E também joguei algumas vezes futebol no campo de treinos deles:lol:
 

sapunaru

Portista Divino
A minha primeira vez no Dragao na verdade nao foi a primeira vez no estádio do FCP.
A minha primeira vez a ver o Dragao ao vivo foi no Estádio das Antas algures por volta de 1995.

Gostava de dizer que nasci e cresci portista mas, a verdade, é que fui primeiro do Estrela da Amadora e só mais tarde acordei para a vida e me tornei portista.
E desde essa idade, devia ter aí uns 8 ou 9 anos, que queria muito ir ver as estrelas ao vivo ao grande estádio das Antas.
Como a "birra" já durava a algum tempo o meu querido padrinho (que em paz descanse) fez um favor aos meus pais e decidiu levar-me á bola. Ele era técnico da PT e em dias de jogo dava apoio técnico na bancada de imprensa e acho que era porreiro levar o afilhado numa dessas visitas. Para mim era um grande mix de excitacao pois se por um lado ia finalmente ás Antas também era igualmente importante que eu fosse ver a bola com o meu padrinho (com eu quem nunca tinha estado sozinho muito menos ir a algum lugar). Á hora marcada, lá me veio buscar no seu Citroen Dyane e lá fomos nós. Devo confessar que houve um olhar estupefacto do meu padrinho que eu deveria ter levado mais em conta. Quando entrei no carro, de cachecol e um peluche (Sr.Matosinhos 94/95) azul e branco ele olhou para mim e só perguntou " Tens a certeza que queres levar isso?" e perante a minha resposta afirmativa lá arrancou.

Estava todo entusiasmado, vi o carro sair de Lordelo, meter pela Avenida da Boavista e quando esperava a habitual volta á direita para apanhar a VCI heis que comecamo a fazer outro caminho. Um caminho fácil de reconhecer mas que eu nao entendia. Estavamos a caminho do Estádio do...Bessa!
Pois é meus caros...houve alguma falha de comunicacao entre o meu padrinho e os meus pais e o jogo que ele me ia levar a ver era um...Boavista - Sporting.

Felizmente tive tempo de deixar o cachecol e o peluche no carro e ainda hoje guardo boas recordacoes desse jogo. Mal sabia eu que uns anos mais tarde viria a ser atleta do Boavista e estudar mesmo em frente ao estádio durante grande parte da minha vida.


Talvez sensibilizado pela minha desilusao anterior, o meu pai encheu-se de brio e decidiu levar-me ás Antas na semana seguinte.
Confesso que muito do meu entusiasmo desvaneceu-se por pensar que de alguma forma ia acabar por ir parar ao Bessa outra vez. Felizmente nao foi assim.
Nao me lembro de contra quem jogamos (tenho uma ideia que era o Campomaiorense) mas lembro-me das bancadas cheias, do fumo dos cigarros, do homem da trompeta (que achei tao incrível na altura), dos gritos dos senhores de idade (naquela altura eu pensava que senhores de idade nao diziam palavroes) e de tantas outras coisas que fizeram de mim um portista de coracao e o estádio das Antas um lugar de sonhos.
O meu pai, que já na altura nao tinha grande paciencia para confusoes, quis comecar a sair antes dos descontos. Dizia ele que era para evitar o transito e que o resultado já nao ia sair do mesmo (estavamos empatados). Eu, rejeitei a desconfianca do meu pai, e fiz tudo o possível para ficar mais uns segundos naquelas bancadas de pedra. "Mais um bocadinho pai, só mais um bocadinho.". E de bocadinho e bocadinho fomos caminhando até a saída e quando estavámos prestes a sair das bancadas..." Quinzinho na área, na recarga...e é GOLOOOOOOOOOO...do PORTOOOOOO!!".
Que emocao, tinhamos dado a volta ao resultado no último minuto e logo por gajo que tinha um nome inesquecivel...QUINZINHO!
Adoro regressar a este dia e ao golo do Quinzinho e acho que se tivesse sido de outra forma, se nos tivessemos ido embora nao ia ser a mesma coisa, nao sera mesma emocao. Para sempre vou ser fa do Quizinho (outro que já se foi) e para sempre vou ser fa do Estádio das Antas.

Eh crl parece que tenho aqui um colega de escola. Mas só para confirmar...Clara ou Fontes?

Contra o Chelsea para a Champions na época 2004/2005... Estava por trás da baliza norte.

Fui com amigos e amigas, uma delas era completamente obcecada pelo Diego e pelo Seitaridis, nem imaginam a loucura da moça quando o Diego marcou

Tive que ir confirmar porque já não me lembrava bem e de facto o Seitaridis era um tipo bem parecido porque fiquei aí um bocado confuso por um minuto com o "obececada pelo Seitaridis":lol: Não era pela qualidade dos cruzamentos dele de certeza:lol:
 
Top