Análise do Plantel

respectivo

Portista Divino

O Jackson, tão underrated por esse mundo fora, e tão bom ao mesmo tempo... Dava muito jeito agora! O Vítor Pereira disse que foi o melhor, e mais profissional jogador que treinou em toda a sua carreira.
 

NERU

Portista Divino
É preciso perceber pouco de futebol para não gostar do Jackson, talvez o avançado mais completo que já vi jogar no Porto e não só.
 

Caeruleus

Portista Divino
IMO...O porto tem o 433 no seu ADN como o FCB tem o tiki taka. Mudar isso é fazer asneira, muitos treinadores já tentaram e falharam... é estranho mas é assim. É tão simples e eficaz, um ponta de lança, dois extremos e já esta. Com oliver playmaker e otavio para a esquerda ou entrava na segunda parte. Que desperdício deste belo plantel, tenho mesmo pena. O Nuno anda a desgastar toda a equipa com adaptações. O A. Silva anda tão cansado que já nem sabe rematar. O Otávio mal faz uma jogada decente, perdeu muita explosão e criatividade. Mas isto não é de agora, já faz algum tempo. E já falamos disso aqui... Espero mesmo que se aperceba dos erros e que não seja casmurrice.

Porque andar ali a inventar tanto e mudar tanto jogador e adaptar. É claro que a equipa não tem rotinas de jogo.
 

Ricardo Rodrigues

Portista Divino
Domingos, ex-jogador e atualmente treinador de futebol, identifica qual a razão para o FC Porto sentir dificuldades em marcar. Recorde-se que os dragões apenas marcaram dois golos nos últimos cinco jogos.

“O André Silva e o Diogo Jota são dois jogadores que se envolvem em muitas ações defensivas e jogo interior, normalmente com pouca presença em zonas de finalização. É um estilo de jogo, mas isso retira discernimento, frieza e, sobertudo, frescura física a um ponta-de-lança”, disse em declarações reproduzidas pelo jornal A Bola.

O antigo jogador dos dragões parece ter uma opinião bem vincada em relação à forma como o André Silva se movimenta na área.

“O André acaba por sair muito da sua área de finalização, onde, aí sim, tem 100% de responsabilidade de marcar. Como tem acontecido em muitos jogos, em que trabalha muito, como ainda se viu agora no jogo de Copenhaga, essa falta de frescura física retira-lhe a frieza para poder decidir", concluiu.
 

MISTICAPORTISTA

Portista Divino
No global o plantel é apenas razoavel.
Falta um lateral direito( Maxi é um ex jogador em actividade e o Layun é medio ala), um central de qualidade(Felipe e Marcano as coisas tem resultado porque somos uma equipa de propensão defensiva e tem ficado melhor na foto do que realmente são) e um extremo de categoria.

Depois o plantel tem outro problema: Oliver e Otavio são incompativeis.
Apesar de serem diametralmente distintos precisam de tacticas diferentes para explanarem todo o seu futebol.
Se jogarmos em 4-3-3 o Oliver sente se como peixe na agua como interior mas o Otavio não tem caracteristicas para jogar a interior e jogando numa ala não rende o mesmo.
Jogando em 4-2-3-1 o Otavio jogando como medio ofensivo é o ideal para ele mas o Oliver tem de jogar ou como 2º medio ou como medio ala posições para as quais não tem a minima aptidão.
Oliver mesmo como medio ofensivo puro não tem a mesma capacidade de jogar nas entrelinhas do Otavio.

A tactica actual em termos ofensivos nós somos uma amalgama de merda:ninguem sabe onde está e o que faz. Oliver a jogar na esquerda o Otavio a jogar longe dos avançados.
Um disparte completo.

A dinamica é que conta mas é necessario um ponto de partida tactico.Neste momento não temos qualquer base para desenvolver e por isso é que o nosso processo ofensivo é tão mau
 

MISTICAPORTISTA

Portista Divino
Por acaso até foi a médio ala (contra o benfica) que o Óliver fez a melhor exibição da época.
O Oliver é jogador de zona central sempre foi e sempre será.
Não foi por acaso que fez a epoca que fez à 2 anos a jogar como interior.

O NES utiliza um 4-4-2 meio estranho e obriga a meia duzia de adaptações.Além de que com bola a equipa não tem qualquer ideia
 

PanterA

Portista Divino
Para mim este seria o 11.

Telles - Felipe - Marcano - Layun
---------------Danilo------------------
---Torres----------------Otávio-----
Jota-----------------------Corona---
------------André Silva---------------

Parece ser o mais forte e sólido neste momento.
 

MISTICAPORTISTA

Portista Divino
Para mim este seria o 11.

Telles - Felipe - Marcano - Layun
---------------Danilo------------------
---Torres----------------Otávio-----
Jota-----------------------Corona---
------------André Silva---------------

Parece ser o mais forte e sólido neste momento.
Esse meio campo n funciona porque exige se ao Torres que defenda e cubra muito espaço de terreno e o Otavio fica muito longe das entrelinhas do adversario onde consegue fazer a diferença.
Em 4-3-3 o Otavio não pode jogar, Em 4-2-3-1 é o Oliver que não pode jogar.

Não vale a pena armar nos em inventores estilo Lopetegui ou NES.
A maioria das vezes a solução mais simples é a melhor
 

Viriato

O Mágico nr. 10
Essa do Oliver não poder jogar em 4-2-3-1 é uma anedota. O Óliver é um perfeito 8. Em qualquer esquema tem lugar neste Fc Porto.

O NES tinha plantel para 4-3-3 sem problema mas ele nem isso se sabe. Somos reféns da táctica do NES, da titularidade do Jota, da incompetência do treinador, da juventude da equipa...
 

MISTICAPORTISTA

Portista Divino
Essa do Oliver não poder jogar em 4-2-3-1 é uma anedota. O Óliver é um perfeito 8. Em qualquer esquema tem lugar neste Fc Porto.

O NES tinha plantel para 4-3-3 sem problema mas ele nem isso se sabe. Somos reféns da táctica do NES, da titularidade do Jota, da incompetência do treinador, da juventude da equipa...
Em 4-2-3-1 não há 8 nem 6, há duplo pivot que dividem tarefas dependendo do lado onde a bola esteja e um medio demarcadamente ofensivo(que se adequa completamente as caracteristicas do Otavio).
O Oliver já jogou algumas vezes como medio centro ao lado do Danilo e o seu rendimento cai a pique.Em 4-2-3-1 só pode jogar a medio ofensivo e mesmo assim não é o adequado as suas caracteristicas.

Nós estamos refens de varias coisas mas a pior delas é querer colocar os melhores jogadores todos no 11 à "martelada" sem qualquer rigor nem sistema tactico coerente
 

PanterA

Portista Divino
Não sei onde está a invenção. Danilo a 6, Oliver no centro do terreno como um 8 que é, e depois um 10 ou falso 10, como quiserem chamar, que seria ao Otávio. Ele sempre deu mais no centro do terreno, não encostado a uma ala.
 

Viriato

O Mágico nr. 10
Em 4-2-3-1 não há 8 nem 6, há duplo pivot que dividem tarefas dependendo do lado onde a bola esteja e um medio demarcadamente ofensivo(que se adequa completamente as caracteristicas do Otavio).
O Oliver já jogou algumas vezes como medio centro ao lado do Danilo e o seu rendimento cai a pique.Em 4-2-3-1 só pode jogar a medio ofensivo e mesmo assim não é o adequado as suas caracteristicas.

Nós estamos refens de varias coisas mas a pior delas é querer colocar os melhores jogadores todos no 11 à "martelada" sem qualquer rigor nem sistema tactico coerente
Então num duplo pivô não existem um médio centro e um médio com características mais defensivas. O Óliver é um 8 e encaixa sem problema naquela zona a par do médio mas posicional.

Isso do rendimento "cair a pique" é conversa. Numa equipa bem rotinada e eficaz isso passa a mito num instante. O Oliver tanto joga no duplo pivô como no esquema de 3 médios. Obviamente que quando joga no duplo pivô é pedido mais dele e o jogador acaba-se dando mais á marcaçao no inicio da construçao. Mas o problema nunca seria ele a jogar ali.
 

Viriato

O Mágico nr. 10
O problema não está no posicionamento do Oliver. Ele com a qualidade e critério que tem encaixa como 8 em qualquer esquema. O problema está na organização da restante equipa e eficácia da mesma.

O NES é responsável máximo pela organização e produtividade da equipa em termos de jogo jogado, construção, rotinas, táctica... a eficácia e os resultados dependem do trabalho anteriormente executado e dos intervenientes ao dispor. O Oliver é o melhor desses intervenientes e nunca seria parte do problema jogando onde tem jogado, no centro do terreno... onde deve jogar.

Invenção seria nao meter o Oliver, o melhor jogador da equipa, a jogar... Essa cena de ele não poder jogar no duplo pivô é um mito e uma falsa questão. Eu preferia vè-lo a jogar num 4-3-3 mas isso é outra história.
 

MISTICAPORTISTA

Portista Divino
Então num duplo pivô não existem um médio centro e um médio com características mais defensivas. O Óliver é um 8 e encaixa sem problema naquela zona a par do médio mas posicional.

Isso do rendimento "cair a pique" é conversa. Numa equipa bem rotinada e eficaz isso passa a mito num instante. O Oliver tanto joga no duplo pivô como no esquema de 3 médios. Obviamente que quando joga no duplo pivô é pedido mais dele e o jogador acaba-se dando mais á marcaçao no inicio da construçao. Mas o problema nunca seria ele a jogar ali.
Não é conversa o rendimento cair a pique.
Actualmente o Oliver corre o dobro do que corria a 2 anos e joga 1/3.
O que se pede a um duplo pivot é que cubra a maior area de terreno possivel em tarefas defensivas e ofensivas e Oliver não tem essas capacidade.
Uma coisa é jogar a interior em 4-3-3 com uma equipa curta em que os jogadores estão proximos uns dos outros favorecendo as tabelas e as deslocações curtas(triangulações de bola no pé).
Outra coisa é fazer piscinas de 30 ou 40 metros em profundidade e em largura como muitas vezes o duplo pivot tem de fazer.Oliver não tem capacidade para isso.

Eu nunca disse que ele não pode jogar lá.Ele joga lá mas apresente uma qualidade muito inferior ao que tamos habituados.

O FCP nem conceitos basicos domina no momento ofensivo e está a pedir a jogadores para serem aquilo que eles não são.

O NES tem de mudar e deixar de inventar.

Ou jogamos em 4-3-3 com o Danilo, AA e Oliver e encosta o Otavio ou então jogamos em 4-2-3-1 com Danilo Ruben e Otavio e encosta o Oliver.

Acabe se com as cagadas e com mixordias de tematicas.
NES tem de abordar o jogo sem invenções que isto só pode melhorar de uma forma(4-3-3) ou de outra (4-2-3-1)
 

pedro64343

PORTO SEMPRE
Este plantel tem jogadores para renderem muito mais e não estarem sempre em altos e baixos constantes. Nitidamente algo está mal e o treinador não está a conseguir arranjar soluções para reparar a situação.
 

Viriato

O Mágico nr. 10
Danilo, Rúben e Otávio!?
Ai jesus que trio. O Óliver não tem capacidade para jogar ali mas o Rúben tem? Que bela invenção. 2 médios defensivos a jogar ao mesmo tempo para quê? Querem ainda maior segurança defensiva e a ligação entre sectore fica para o Divino Espírito Santo! Temos começado a dar uma parte de avanço á equipa adversária mas com esse trio vai-se jogar fechadinhos para segurar o empate.

Encostar o Óliver!?
:throwthetable::nothingtodohere:
 

joaoloureiro

Portista Divino
A nossa melhor táctica na minha optica e esta!
Mas o Nuno ja provou ser demasiado conservador até contra equipas de calibres bem inferiores há nossa !
ele continua a insistir no 4-4-2 , quando ja se reparou que a equipa quando joga em 4-3-3 se solta muito mais e se torna logo muito mais perigosa!

------------Casillas-------------------
Maxi---Filipe---Marcano---Telles
-------------Danilo--------------------
-----------------------Oliver-----------
-----------Otavio----------------------
Corona-------Andre.S---------Jota
 

Viriato

O Mágico nr. 10
Já eu gostava que o NES, um dia jogasse assim...
4-3-3
Casillas
Layun - Felipe - Marcano - Alex
Óliver - Danilo - Otávio
Corona - André - Brahimi
 
Top