1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

Bitaites do Cerezzo

Tópico em 'Crónicas Somos Porto' iniciado por Cerezzo a 6 Fev 2013.

  1. Cerezzo

    Cerezzo Novato

    Registo:
    24 Jan 2013
    Mensagens:
    47
    Gostos Recebidos:
    0
    FC Porto e Benfica discutem palmo a palmo o campeonato. Ambos exibem um futebol dominador, que por norma remetem o adversário para o seu meio campo. Mas que é que é o dono da bola? Quem é que domina neste parâmetro?
    Na liga portuguesa cinco são as equipas que têm uma média de posse de bola positiva, acima dos 50%. Benfica, FC Porto, Rio Ave, Sporting e Sporting de Braga são os clubes que cumprem esta premissa. Depois há dois clubes neutros, com 50% de média, Marítimo e Paços de Ferreira. As restantes nove equipas têm médias inferiores a 50%.
    Mas quem é que é o dono e senhor da bola? Qual é clube que é egoísta ao ponto de querer a bola quase só para ele? Quem é o Barcelona de Portugal? Benfica ou FC Porto? Pois bem a resposta é o FC Porto. A equipa portista tem uma média de 62% de posse de bola, 65% em casa e 60% fora. Médias absolutamente esclarecedoras, que ajudam a perceber o tipo de jogo dos azuis e brancos. No top 3 dos jogos com maior desnível em posse de bola, o FC Porto ocupa as três posições, 75% em casa contra o Gil Vicente (5-0), 72% em casa com o Moreirense (1-0) e 71% em casa com o Vitória de Guimarães (4-0). Como se vê, nem sempre o domínio tem relação directa com os golos, mas que dá uma grande ajuda dá. De realçar que a equipa portista nunca teve um jogo desfavorável neste critério, o pior desempenho que teve foi de 50% no Estádio da Luz. Por sua vez, o Benfica tem no jogo com o Marítimo em casa (4-1) a sua melhor percentagem, 68%. É a segunda equipa com melhores números neste item, com 57% no geral, 60% em casa e 55% fora. Apenas tem um jogo negativo na posse de bola, foi em Braga onde obteve 46%. Nas restantes posições estão o Sporting com 56%, o Sporting de Braga com 54% e o Rio Ave com 51%.
    Apesar de serem apenas números, a verdade é que este indicador permite-nos extrapolar o porquê de o FC Porto ser a defesa menos batida. Domina mais, tem mais posse de bola, logo retira tempo e opções aos adversários para poderem criar situações de perigo. Pode ver a tabela com os dados estatísticos de posse de bola actualizada em http://www.vantagemnumerica.pt/league-stats/posse-de-bola/. in "vantagemnumerica.pt"
     
  2. Cerezzo

    Cerezzo Novato

    Registo:
    24 Jan 2013
    Mensagens:
    47
    Gostos Recebidos:
    0
    As revelações do FC Porto na 1ª volta

    Jackson Martinez – É a grande revelação do campeonato. 14 golos em 15 jogos marcando em 12 deles, parece-me muito para quem chegou de novo. O colombiano não precisou de adaptação, a postura táctica, técnica e mental aliada à forma universal como joga dispensa qualquer tipo de integração. A maturidade dos seus 26 anos também ajuda, aliás como é que só chegou com esta idade à Europa? Tanto potencial que andou “escondido” pela América Central. Já fez golos para todos os gostos, das mais variadas formas e com as mais diversas partes do corpo, em suma um jogador completo que permite ao FC Porto jogar um futebol rasteiro ou aéreo, directo ou apoiado. Quanto tempo ficará no Dragão? Quanto é que o FC Porto reembolsará com a sua venda? São perguntas para outras núpcias, até lá é desfrutar da sua qualidade.
    Alex Sandro – Chegou o ano passado mas a permanência de Álvaro Pereira no plantel tirou-lhe visibilidade, só após a birra do uruguaio em Braga é que começou a ter mais oportunidades. Deu boas indicações, o valor que o FC Porto havia pago por si exigia-lhe isso mesmo. A integração foi sendo feita e a sua adaptação foi crescendo, tal como a qualidade do seu jogo. Hoje, no final da 1ª volta da liga, pode dizer-se que a sua aquisição foi uma aposta acertada. Os valores que envolveram a sua transferência justificam-se, de um defesa que defende bem, é o jogador do FC Porto que mais bolas recupera sem ser dos que mais vezes recorre à falta. Ofensivamente ataca bem, as suas contantes subidas no flanco permitem à equipa grandes desiquílibrios ofensivos, e mentalmente mostra-se sempre dentro do jogo denotando uma grande concentração, sendo raro encontrar-lhe falhas, tanto técnicas como tácticas.
    Eliaquim Mangala – Grande surpresa, o ano passado jogou alguns jogos mas deu sempre a ideia que tecnicamente não era evoluído, e que recorria com grande frequência à falta. Pois bem este ano começou da mesma forma, mas com o acumular de minutos passou a fazer menos faltas e a bola a queimar-lhe menos. É um jogador exemplo pois exemplifica qual a melhor atitude que um jogador suplente deve ter, pois e apesar de na teoria não ser titular, a verdade é que aproveitou todas as lesões e castigos de colegas para mostrar o seu valor, demonstrando que “amuar” é um verbo que não consta do seu léxico. in "vantagemnumerica.pt"
     
  3. Cerezzo

    Cerezzo Novato

    Registo:
    24 Jan 2013
    Mensagens:
    47
    Gostos Recebidos:
    0
    Dragão implacável

    Antes de mais o Vitória de Guimarães é uma equipa muito bem orientada, que ocupa bem o campo e com uma grande alma, algo que se estende aos seus adeptos. Individualmente não é das melhores equipas da liga, mas o todo é superior à soma das partes, causando dificuldades a qualquer equipa de patamar superior que não encare os vimaranenses com a atitude que merece. Aliás é nesta característica que o Vitória é uma equipa de topo. Pois bem, esta equipa ontem foi reduzida a cinzas. Encontrou um dragão que bafejou labaredas impiedosas que dizimaram tudo o que lhe apareceu à frente. È difícil destacar A ou B, há sempre individualidades que brilham mas em função do que o colectivo produz. Uma defesa onde Alex Sandro está imparável, tanto a defender como a atacar, uma zona central onde Otamendi e Mangala sentem a pressão de Maicon no banco e respondem de forma a mantê-lo (Maicon) no mesmo sítio mais tempo. Na direita Danilo continua intransponível a defender, a atacar voltou a níveis semelhantes aos anteriores ao jogo do Gil Vicente, ou seja razoável. O meio campo joga de olhos fechados e é onde começa a teia defensiva dos dragões, definem os tempos e as linhas de marcação. A organizaram conservam a bola até surgir “a opção”. João Moutinho de bola parada assistiu Mangala e Jackson Martinez nos dois primeiros golos e Fernando fez o último passe para o segundo golo do colombiano. No ataque Izmaylov, como já havia dito, encaixa que nem uma luva neste jogo dos campeões nacionais. Não acrescenta alternativas extra ao modelo, mas eleva a qualidade do mesmo. Varela continua igual a si mesmo, pode aparecer a qualquer momento ou para assistir, caso do 4º golo, ou para finalizar. Tem a seu favor o discernimento de quando as coisas não lhe saem como pretende, não prender muito o jogo. Na frente o grande jogador da Liga até ao momento, Jackson Martinez. O colombiano já leva 18 golos em 17 jogos, tendo marcado em 14 deles. Foi o primeiro hat-trick em Portugal num jogo em que voltou a demonstrar as suas qualidades, poder de desmarcação, de finalização, capacidade para segurar a bola permitindo o avanço dos colegas, técnica apurada, jogo aéreo, enfim uma panóplia de recursos. Sinceramente ainda não lhe detectei um ponto fraco, sendo que tem vários pontos onde pode melhorar. Por fim Vitor Pereira, foi campeão no ano passado o que deu alguma margem de confiança aos adeptos. No entanto, ainda hoje há vozes críticas ao seu trabalho. Ontem voltou a demonstrar o seu mérito no comando da equipa, ninguém joga assim por acaso. Não foi uma vitória concludente alicerçada em individualidades, foi uma vitória do colectivo. in"vantagemnumerica.pt"
     
  4. Cerezzo

    Cerezzo Novato

    Registo:
    24 Jan 2013
    Mensagens:
    47
    Gostos Recebidos:
    0
    Paulo Bento dá razão a Pinto da Costa

    Portugal foi ontem derrotado em Guimarães pelo Equador. Honestamente nunca espero nada de bom nestes jogos, servem para os jogadores porem a conversa em dia, o tal espírito de grupo, para fazerem desfiles de carros e roupa à chegada ao estágio e, acima de tudo, para não terem lesões. Os campeonatos estão na fase decisiva, a Liga dos Campeões recomeça este mês e estes jogos a brincar servem para um ou outro jogador cumprir o seu sonho, pouco mais. Ainda para mais quando jogamos com selecções de nível inferior, a motivação é ainda menor e da do adversário, que pretende mostrar serviço, é bem maior. Depois acontecem resultados destes que, apesar de não influenciarem qualquer campanha de apuramento, não prestigiam ninguém. Aliás nos últimos jogos amigáveis os resultados têm sido sempre paupérrimos, só quando é a doer é que o “chip” muda. Não sei o que chamar a isto, gestão inteligente de carreira ou clara falta de profissionalismo? Uma coisa eu sei, estes jogos não valem de nada, pelo menos para Portugal, porque a Espanha nem assim brinca em serviço. Perante tais contingências e tal atitude a razão fica do lado dos clubes, que vêm estas partidas como prejudiciais aos seus objectivos e nada vantajosas para a Selecção, sim porque o que Portugal joga nestes encontros é substancialmente diferente do que joga em partidas oficiais, isto só poderá ser um treino para aquilo que não se deve fazer.
    Mas vamos ao jogo propriamente dito, uma partida com muitos golos, o que neste caso foi sinónimo de muitas falhas, alguns momentos de bom futebol, o golo de Cristiano Ronaldo e o de Caicedo são exemplo disso, e duas equipas de caçadores, uma caça para comer a outra para se divertir. Ganhou quem tinha fome. Nos portugueses, pela positiva, Cristiano Ronaldo, João Moutinho, Fábio Coentrão e Hélder Postiga mostraram como se devem encarar estes jogos. Apesar de Postiga não ter feito um grande jogo, lutou e movimentou-se sempre, demonstrando que é difícil ser ponta de lança numa equipa com dois extremos como estes, em especial Nani, que pensa que a bola é só dele. Aliás, deve sair do estádio a pensar que bela assistência que eu fiz, mas não se deve lembrar das outras 10 ou mais que tentou e não conseguiu, emperrando o jogo português. Ferguson tem muitos anos de futebol, ali a tolerância é diferente, daí a explicação para uma época pouco sucedida. Moutinho e Coentrão foram até ao fim sempre no máximo e Cristiano Ronaldo, muitas vezes tão criticado neste tipo de situações, este a nível alto nunca fugindo do jogo que coroou com um grande golo. Quanto às exibições menos coloridas, isto é um eufemismo, nem vale a pena detalhar porque foram praticamente todos os restantes. No que diz respeito a Paulo Bento foi um jogo para esquecer, tacticamente entrou com o habitual e quando teve de mudar falhou por completo. Parecia um treinador dos anos 80 ou 90 que quando está perder, vou usar uma expressão típica dessa altura, mete a carne toda no assador, só que o assador era pequeno e a carne ficou toda uma em cima da outra gerando confusão, o que só não levou a uma derrota mais desnivelada por ineficácia equatoriana. Que sirva de exemplo para o futuro. Mas não foi só na parte táctica que o nosso seleccionador falhou, também na dialéctica mostrou incoerência, algo nada habitual em Paulo Bento. Vir dizer que nos jogos de preparação para o Euro também não ganhámos à Polónia, Macedónia e Turquia e depois fomos à meia-final da competição, ou dizer que este tipo de jogos não servem para nada depois é que é importante é a mesma coisa. Mais grave é que num passado muito recente “pegou-se” com Pinto da Costa por causa da importância destes encontros, ontem deu-lhe razão. Também na gestão de jogadores notou-se a “picardia” com o presidente do FC Porto. Moutinho ficou até ao fim, o que é justo, quem quer ganhar deixa os melhores em campo, mas por essa linha de raciocínio porque é que Cristiano Ronaldo saiu quando o jogo estava 2-2? Não estão em primeiro lugar os interesses de Portugal? Para quem sempre teve na coerência uma bandeira, e justificada diga-se, ontem foi um mau dia. in "www.vantagemnumerica.pt"
     
  5. Pai Hans

    Pai Hans Conhecido anteriormente por Tio
    Membro do Staff

    Registo:
    1 Jul 2011
    Mensagens:
    11.202
    Gostos Recebidos:
    2.409
    Re: Paulo Bento dá razão a Pinto da Costa

    Escreve isso com um tipo de letra que não faça mal aos olhos. ;)
     
  6. Enigmatic

    Enigmatic Portista Divino

    Registo:
    21 Jul 2011
    Mensagens:
    34.961
    Gostos Recebidos:
    388
    Re: Paulo Bento dá razão a Pinto da Costa

    Ele deve fazer copy&paste Tio. ;)
     
  7. Cerezzo

    Cerezzo Novato

    Registo:
    24 Jan 2013
    Mensagens:
    47
    Gostos Recebidos:
    0
    Re: Paulo Bento dá razão a Pinto da Costa

    Espero que assim esteja melhor ;)
     
  8. Enigmatic

    Enigmatic Portista Divino

    Registo:
    21 Jul 2011
    Mensagens:
    34.961
    Gostos Recebidos:
    388
    Re: Paulo Bento dá razão a Pinto da Costa

    Cerezzo, carrega em [​IMG] antes de colares o texto. Fica mais agradável para os nossos olhos.

    :compinchas:
     
  9. Oliveira_Do_Douro

    Oliveira_Do_Douro Portista Lenda

    Registo:
    28 Nov 2011
    Mensagens:
    19.253
    Gostos Recebidos:
    12
    Re: Paulo Bento dá razão a Pinto da Costa

    O que o Porto tem de fazer é "lesionar" os seus jogadores antes destes jogos de solteiros contra casados...

    Estou farto do Paulo Fantoche e do patrão da selecção, o Jorge Mendes
     
  10. Cerezzo

    Cerezzo Novato

    Registo:
    24 Jan 2013
    Mensagens:
    47
    Gostos Recebidos:
    0
    Re: Paulo Bento dá razão a Pinto da Costa

    Ok Enigmatic
    Obrigado pela sugestão ;)
     
  11. Enigmatic

    Enigmatic Portista Divino

    Registo:
    21 Jul 2011
    Mensagens:
    34.961
    Gostos Recebidos:
    388
    Re: Paulo Bento dá razão a Pinto da Costa

    De nada, sempre a ajudar para o bom funcionamento deste espaço.
     
  12. Cerezzo

    Cerezzo Novato

    Registo:
    24 Jan 2013
    Mensagens:
    47
    Gostos Recebidos:
    0
    Benfica é a equipa da Liga com mais penaltis a seu favor

    As grandes penalidades são sempre um factor de especulação, é a discussão sobre as mesmas que muitas das vezes determinam a seriedade e honestidade dos árbitros. Percebe-se porquê, em cada 10 penaltis 8 são convertidos na liga portuguesa, são 80% de probabilidades de ser golo.

    Penaltis a favor
    O Benfica lidera este ranking, até agora em 17 jornadas já beneficiou de sete grandes penalidades, das quais desperdiçou uma, dando-lhe uma eficácia de 86%. Cardozo é o homem de serviço neste aspecto de jogo, e em 6 tentadas converteu as 6. O outro penalti foi marcado por Rodrigo que falhou. Os castigos máximos na equipa do Benfica rendem-lhe 14% dos golos marcados. Na segunda posição aparece o Vitória de Guimarães, que já viu o árbitro apontar por seis vezes o castigo máximo, de qualquer forma o seu aproveitamento é baixo, tendo apenas concretizado metade. A fechar o pódio surge o outro Vitória, o de Setúbal que já dispôs de 5 penaltis, com uma taxa de eficácia de 100%, responsabilidade do recém-transferido Meyong. De seguida, com 4 grandes penalidades marcadas a seu favor, aparecem o FC Porto e o Estoril. A equipa da linha tem uma eficácia de 100%, graças a Steven Vitória, enquanto os dragões apenas têm 75% de aproveitamento, com Jackson Martinez (2) e James Rodriguez (1) a marcarem e Lucho (1) a desperdiçar. O outro grande, o Sporting, tem dois castigos máximos marcados a seu favor, mas 0% de eficácia, Van Wolfswinkel falhou ambas. A única equipa que ainda não beneficiou de qualquer penalti é o Paços de Ferreira, a equipa-sensação da prova, demonstrando que as grandes penalidades dão jeito, mas não são absolutamente decisivas.

    Penaltis contra
    Este tópico é comandado pelo FC Porto, os azuis e brancos ainda não tiveram nenhum castigo máximo marcado contra si. Por seu turno, as equipas mais penalizadas neste âmbito têm sido o Sporting, o Vitória de Setúbal, o Beira-Mar e a Académica, todos com cinco penaltis. Destes os sadinos sofreram os 5 (100%), a Académica 4 (80%), e Sporting e Beira-Mar 3 (60%). O Benfica já sofreu dois, todos na mesma partida com a Académica, que converteu ambos, perfazendo 17% do total de golos sofridos pelos encarnados.

    Rácio entre penaltis a favor e contra
    Mais uma vez o Benfica é líder, a diferença entre penaltis assinalados a favor e contra é de cinco. É a equipa que mais tem beneficiado com este item. Segue-se o FC Porto com uma diferença de 4 grandes penalidades, 4 a favor e nenhuma contra. Com diferença positiva surgem ainda o Estoril (3), o Vitória de Guimarães (2), o Sporting de Braga (1), o Marítimo (1) e o Gil Vicente (1). Nos últimos lugares aparecem o Paços de Ferreira, a Académica, o Moreirense e o Sporting, todos com uma diferença negativa de três castigos máximos.
    Pode consultar a tabela com todos estes resultados em http://www.vantagemnumerica.pt/league-stats/penaltis/.
     
  13. Enigmatic

    Enigmatic Portista Divino

    Registo:
    21 Jul 2011
    Mensagens:
    34.961
    Gostos Recebidos:
    388
    Re: Benfica é a equipa da Liga com mais penaltis a seu favor

    Não é novidade já... :suspeito:
     
  14. TiagoSilva

    TiagoSilva melhor do mundo

    Registo:
    5 Jul 2012
    Mensagens:
    9.516
    Gostos Recebidos:
    56
    Re: Benfica é a equipa da Liga com mais penaltis a seu favor

    É assim todos os anos. Há outras coisas, como as expulsões perdoadas, os jogos que eles têm a jogar com mais 1, os penaltys não assinalados contra eles etc.
     
  15. Cerezzo

    Cerezzo Novato

    Registo:
    24 Jan 2013
    Mensagens:
    47
    Gostos Recebidos:
    0
    FC Porto - Olhanense (antevisão)

    É um jogo onde há claramente um favorito, o FC Porto. É a única equipa que tem uma taxa de aproveitamento de 100% nos jogos em que é anfitrião. Em casa os dragões têm 9 vitória em nove jogos, com uma média 2.9 golos marcados contra 0.1, ou seja já marcou 26 golos e apenas sofreu 1. Wilson Eduardo da Académica foi o autor desse tento, se bem que Helton tenha cooperado também. Depois, o excelente momento que a equipa atravessa, nas últimas quatro partidas tem um “score” de 14-0, o que não dá margens para grandes devaneios, a não ser a imprevisibilidade que um jogo de futebol sempre trás. Em 18 partidas disputadas entre estes dois clubes tendo o FC Porto como anfitrião, os dragões venceram 15, empataram duas (1949 e 2010) e perderam uma (1946). O Olhanense, pelos motivos referidos anteriormente, terá uma tarefa árdua. Mas as surpresas só acontecem quando há uma desnível entre as equipas, e as surpresas podem não abundar, mas acontecem.

    Treinadores
    Vítor Pereira e Manuel Cajuda só se defrontaram por uma vez, foi no ano transacto, e o treinador portista levou a melhor, ganhando por 4-0. Manuel Cajuda estava no União de Leiria. Mais um aspecto que reforça o favoritismo dos dragões, apesar de que o FC Porto tem maior apetência para “escorregar” quando é favorito, do que quando reparte probabilidades. Esse é, na minha opinião, o maior ponto fraco de Vítor Pereira e, por consequência, da sua equipa, a focalização em jogos de menor grau de dificuldade. Não me lembro de um jogo grande em que o FC Porto fosse surpreendido ou tenha deixado de dar uma boa resposta, já no inverso lembro-me de alguns, só este ano Gil Vicente e Rio Ave. Vítor Pereira, em jogos com o Olhanense em casa para o campeonato, tem uma vitória por 2-0. Por sua vez Manuel Cajuda, na posição de visitante contra o FC Porto, em 17 partidas venceu uma (Beira-Mar em 2005 por 1-0), empatou outra (Sporting Braga em 2002, 0-0) e perdeu 15. Os números são evidentes, o favoritismo cai todo para o mesmo lado, mas mesmo assim há que contar com a “matreirice” do treinador algarvio.

    Árbitro
    Cosme Machado da A.F. de Braga é o árbitro deste jogo. Apenas apitou o Olhanense na 2ª jornada, um empate em Coimbra, um jogo onde não houve nem expulsões nem grandes penalidades. Em relação ao FC Porto também vai ser a segunda vez que vai arbitrar, a primeira foi na 8ª jornada na goleada (5-0) ao Marítimo. Também foi um jogo sem expulsões nem penaltis. in "vantagemnumerica.pt"
     
  16. Enigmatic

    Enigmatic Portista Divino

    Registo:
    21 Jul 2011
    Mensagens:
    34.961
    Gostos Recebidos:
    388
    Re: FC Porto - Olhanense (antevisão)

    Cerezzo, penso que seria melhor criares um tópico onde podia reunir os teus textos de opinião, seria mais fácil e estaria mais organizado para todos.


    Já agora, boa antevisão. :compinchas:
     
  17. Cerezzo

    Cerezzo Novato

    Registo:
    24 Jan 2013
    Mensagens:
    47
    Gostos Recebidos:
    0
    Re: FC Porto - Olhanense (antevisão)

    Ok Enigmatic, tu mandas ;)
     
  18. Enigmatic

    Enigmatic Portista Divino

    Registo:
    21 Jul 2011
    Mensagens:
    34.961
    Gostos Recebidos:
    388
    Re: FC Porto - Olhanense (antevisão)

    Eu não mando, só dei a minha opinião. Acho que ficava melhor, mas quem manda aqui são os mod's e não eu.
    Tu agora também vês o que achas melhor para ti.


    Abraço.
     
  19. famaboys

    famaboys Eterno #4
    Membro do Staff

    Registo:
    1 Jul 2011
    Mensagens:
    28.372
    Gostos Recebidos:
    669
    Re: FC Porto - Olhanense (antevisão)

    E que tal este género de antevisões ser postada no tópico do jogo?
     
  20. Khal Drogo

    Khal Drogo Administrador
    Membro do Staff

    Registo:
    4 Jul 2011
    Mensagens:
    20.619
    Gostos Recebidos:
    342
    Re: Re: FC Porto - Olhanense (antevisão)

    Ficava melhor imo.
     

Partilhar esta página