1. Este site usa cookies. Ao continuar a usar este site está a concordar com o nosso uso de cookies. Saber Mais.

[Blog] Crónica Futebolística

Tópico em 'Crónicas Somos Porto' iniciado por Saron a 30 Ago 2012.

  1. Saron

    Saron Novato

    Registo:
    20 Jul 2011
    Mensagens:
    175
    Gostos Recebidos:
    0
    [​IMG]

    Link: http://cronica-futebolistica.blogspot.pt/
    Autor: Luís Barreira
    Design: WPT Theme, editado por Pedro Peralta
    Visitas: 12418 (dezembro 2011 - 30 de agosto de 2012)


    Página do facebook: http://www.facebook.com/CronicaFutebolistica
    Twitter*: https://twitter.com/# !/LuisBarreira97 (juntar o espaço)
    Contacto: cronicafutebolistica@gmail.com
     
  2. vitordaniel

    vitordaniel "A arte de vencer aprende-se nas derrotas."

    Registo:
    18 Jul 2011
    Mensagens:
    14.092
    Gostos Recebidos:
    54
    Parabens pelo blog e boa sorte no futuro.. tens qualidades :handclap:
     
  3. PortistaSempre

    PortistaSempre Tudo fixe?

    Registo:
    8 Jul 2012
    Mensagens:
    258
    Gostos Recebidos:
    0
     
  4. Saron

    Saron Novato

    Registo:
    20 Jul 2011
    Mensagens:
    175
    Gostos Recebidos:
    0
    Obrigado pessoal, quero que o meu futuro passe por algo do género. ;) E tenho um bocado de pena de não poder defender o meu clube em algumas ocasiões, mas nestas ocasiões há que ser imparcial ao máximo.
     
  5. vitordaniel

    vitordaniel "A arte de vencer aprende-se nas derrotas."

    Registo:
    18 Jul 2011
    Mensagens:
    14.092
    Gostos Recebidos:
    54
    Ser imparcial é das melhores qualidades de um adepto de futebol... :mrgreen:
     
  6. dragaodosdiabos

    Registo:
    19 Jul 2011
    Mensagens:
    14.805
    Gostos Recebidos:
    0
    "adepto" e "imparcial" na mesma frase soa estranho!
     
  7. vitordaniel

    vitordaniel "A arte de vencer aprende-se nas derrotas."

    Registo:
    18 Jul 2011
    Mensagens:
    14.092
    Gostos Recebidos:
    54
    :lol:

    há poucos muito poucos...
     
  8. Saron

    Saron Novato

    Registo:
    20 Jul 2011
    Mensagens:
    175
    Gostos Recebidos:
    0
    Eu concordo que a imparcialidade é um bem bastante precioso. Não convém ver sempre as coisas só para o nosso lado. :colb:
     
  9. DiGil

    DiGil Portista

    Registo:
    16 Mai 2012
    Mensagens:
    9.664
    Gostos Recebidos:
    0
    Só não precisa ser imparcial quando falas do Benf..., OK ;-)
     
  10. Saron

    Saron Novato

    Registo:
    20 Jul 2011
    Mensagens:
    175
    Gostos Recebidos:
    0
    [​IMG]


    Cada vez mais se tira o rótulo de colosso a certos clubes, tentando aplicar-se a outros clubes pelo poderio que mostra no mercado. Cada vez mais é uma realidade que se aplica, diga-se. Há alguns anos (e mesmo nos dias que correm) era impensável o Zenit ou outro clube russo ser o obreiro daquela que se pensa ser a 5ª maior transferência da história de futebol. Isto porque neste momento fala-se em 60 milhões, uma transferência maior do que a de Figo para o Real Madrid, por exemplo. A verdade é que, como referi doutra forma, os tempos mudam. No mesmo dia Benfica e Porto acumularam 100 milhões de euros nos seus cofres, sendo 60-40 (em percentagem) para os lados da Invicta. Diga-se que até ao temido dia 31 de Agosto os três grandes do nosso futebol não encaixaram isso... nem perto. O futebol dá voltas e voltas, sendo que em poucas horas houveram algumas etapas: a especulação, a ansiedade por parte dos adeptos, a negação e por fim a aceitação aquando do comunicado oficial. Foi assim esta tarde no mundo do futebol português.


    Pôde-se verificar que até ao fechado de transferências do mercado inglês (o que tinha mais potenciais compradores de jogadores de Benfica e Porto, falando nos mais cotados como Hulk e Witsel) dragões e águias conseguiram segurar as suas jóias mais valiosas com a excepção de uma. Supostamente os clubes interessados não quiseram cometer loucuras, o que se compreende nos dias de hoje. Não só pela crise que se faz sentir não só no nosso pequeno país, mas especialmente pelo facto de ser mesmo.... uma loucura. Quando as exigências do vendedor são demasiadas desiste-se do objectivo, partindo-se assim para outro alvo, obsessão ou artigo a comprar em leilão. Até dia 31 alguns percalços, dúvidas... mas tudo acabou favorável aos clubes portugueses com as excepções das vendas de Lima, Matías e Javi García, exemplificando. O Porto não vendeu qualquer jogador titular que tivesse uma influência significativa. Vendeu um dos mais queridos para os adeptos, mas isso são pontos completamente diferentes e imparáveis se o jogador não contribui ativamente para a qualidade exibicional do seu clube.


    Passou-se o temido deadline day, portanto. Quando tudo se aparentava tranquilo os russos invadiram um dos países outrora mais importantes do mundo em várias formas. Levaram Witsel e Hulk, talvez os dois jogadores mais sondados em alturas de pré-época. No último dia possível para inscrever jogadores nas competições europeias, ora este abalo que fez as placas tectónicas parecerem pequenas. Depois de marcar uma era na cidade do Porto o brasileiro oriundo do Japão deixou uma vaga no ataque portista. Marcou uma era e certamente não será esquecido, assim como Witsel deixou um grande buraco (agora ainda maior) no meio-campo benfiquista. Culpem os russos? Não necessariamente. No futebol cada um faz o que pode para sobreviver aos seus termos.


    Cada vez mais se tira o rótulo de colossos a quem tem história, a quem tem um palmarés recheado e a quem fez muito no passado. Hoje em dia manda no futebol quem tem, pode e faz. Dinheiro é a palavra chave, claro está. Cada vez se perdem mais valores, também se tem de dizer. Os tempos mudam e é impossível agora olhar para trás sem ter um sentimento de nostalgia.


    Sobre a venda de Witsel, já é outra história com repercussões diferentes para aprofundar posteriormente. Pode-se falar em má gestão, claramente.


    http://cronica-futebolistica.blogspot.pt/2012/09/os-encaixes-milionarios.html
     
  11. EL_COMANDANTE

    EL_COMANDANTE Novato

    Registo:
    30 Mar 2012
    Mensagens:
    3.808
    Gostos Recebidos:
    0
    :motherofgod:
     
  12. Saron

    Saron Novato

    Registo:
    20 Jul 2011
    Mensagens:
    175
    Gostos Recebidos:
    0
    Não percebi.
     
  13. famaboys

    famaboys Eterno #4
    Membro do Staff

    Registo:
    1 Jul 2011
    Mensagens:
    28.372
    Gostos Recebidos:
    669
    É um elogio.
     
  14. Saron

    Saron Novato

    Registo:
    20 Jul 2011
    Mensagens:
    175
    Gostos Recebidos:
    0
    Ah, ok. :happy: Obrigado.
     
  15. EL_COMANDANTE

    EL_COMANDANTE Novato

    Registo:
    30 Mar 2012
    Mensagens:
    3.808
    Gostos Recebidos:
    0
    Aquilo é esta imagem, mas em miniatura.


    [​IMG]
     
  16. Saron

    Saron Novato

    Registo:
    20 Jul 2011
    Mensagens:
    175
    Gostos Recebidos:
    0
    Sim eu percebi isso, só não sabia se era positivo ou negativo.
     
  17. Saron

    Saron Novato

    Registo:
    20 Jul 2011
    Mensagens:
    175
    Gostos Recebidos:
    0
  18. Saron

    Saron Novato

    Registo:
    20 Jul 2011
    Mensagens:
    175
    Gostos Recebidos:
    0
  19. EL_COMANDANTE

    EL_COMANDANTE Novato

    Registo:
    30 Mar 2012
    Mensagens:
    3.808
    Gostos Recebidos:
    0
    Sorry, mas não uso facebook...


    Quanto à entrevista, está bastante boa. Parabéns!
     
  20. Saron

    Saron Novato

    Registo:
    20 Jul 2011
    Mensagens:
    175
    Gostos Recebidos:
    0
    [​IMG]


    É do conhecimento geral que houve um fim de ciclo no que toca ao futebol alemão. Os germânicos que outrora eram divididos em duas partes devido a um famoso muro situado na capital do país apresentaram-se como um dos maiores candidatos à vitória do EURO 2012 devido à sua campanha imaculada na campanha de qualificação. Apenas se especulou uma hipotética decepção alemã devido à juventude da equipa. Depois das competições as ideias foram repartidas e expostas em diferentes pontos de vista. Uns otimistas em relação ao futuro da Mannschaft, outros nem tanto. Diga-se que o ponto fulcral para críticas foi a queda dos mesmos nas meias-finais da competição aos pés da Itália de Prandelli contra jogadores que tinham, no geral, um maior índice de experiências nas grandes competições deste género. Muito se criticou sobretudo as lacunas excessivas do sector defensivo. Até que ponto pode uma seleção irreverente, jovem e talvez imatura chegar, vencer e reinar?


    Na íntegra em: http://cronica-futebolistica.blogspot.pt/2012/09/juventude-um-fator-positivo.html
     

Partilhar esta página