Destaque Na Colômbia: Novo Messi No Fc Porto

Adriano17

Lucho #
Segurem +2/3 anitos e depois vemos, se for bom é tentar colocar em Portugal antes dos 18, de preferência.
 

Lipstatic

Portista Divino
Se desse, eu traria já. Aqui evolui muito mais rapidamente que na Argentina. Não deve ficar muito caro comprar um puto de 9 anos e desta maneira ficava a conhecer melhor o país e o seu futebol.

Já que o assunto é um rapaz de 9 anos, qual foi a razão de restrição de jogadores no Barcelona?
 

FCPorto28

Portista Divino
Se desse, eu traria já. Aqui evolui muito mais rapidamente que na Argentina. Não deve ficar muito caro comprar um puto de 9 anos e desta maneira ficava a conhecer melhor o país e o seu futebol.

Já que o assunto é um rapaz de 9 anos, qual foi a razão de restrição de jogadores no Barcelona?

Se queres trazer o puto com 9 anos, tens de dar emprego aos pais por cá, caso contrário acontece como com o Barça.
 

pedro64343

PORTO SEMPRE
Para já está a ser visto mas ainda falta muito tempo para se perceber como o miúdo evolui para ver se realmente passa a jogador talentoso com potencial a despontar.
 

Pegasus

Portista
Não vai ser nenhum Messi mas se for um jogador de grande potencial então que venha. Quanto mais cedo se integrar na realidade europeia melhor
 

Thegodfather

Portista Divino
Aos 9 anos já apelidado de novo Messi. No pressure kid. O que vale é que ele está numa idade em que isto lhe passa ao lado, e em o que ele quer é jogar à bola.
Porém eu já tinha dito isto antes e volto a dizer, quando se começam com comparações de que jogador A é o novo jogador B que é um grande craque, é meio caminho andado para o jogador A não atingir todo o seu potencial.
Temos um exemplo bem presente disso, Iturbe o novo Messi. Mesmo o Quintero.
Já quando os jogadores são deixados sossegados, e se deixa que eles cresçam sem pressão, aparecem os Rúbens Neves, os Andrés Silvas ou até mesmo os Renatos Sanches. Nunca ninguém os comparou publicamente como o novo Pirlo ou o novo Fernando Gomes ou o novo Mário Coluna.
Mesmo com Messi e Ronaldo, eles cresceram sem essa pressão de terem ser os novos grandes craques, mas sim cresceram com a ambição e com a dedicação de deixarem uma marca no futebol, e é o que se vê.
 
Top