Dragões Diário

oblik_old_dorestelo

#neymarémodakelvinéfoda
ty :fixe:

entretanto fui ver o facebook do gajo e eis quando:

"Este grandioso projecto que agora recuperou no discurso já foi apresentado por tantas vezes e não concretizado que acreditará nele quem quiser. Depois vêem os "cães de fila", devidamente instruídos, aplaudir e dizer que enquanto o Presidente do Benfica deu explicações e explicou detalhadamente o seu projecto, o tal que promete sempre mas nunca cumpre, o Presidente do Sporting CP não deu qualquer explicação"

Diretor de comunicação que não sabe escrever... ok.
 

José Duarte

Portista Titular
Eu não percebi se era isso mas ele há 2/3 dias disse que o benfica era gerido por 1 exilado no dubai, é o mr burns que está lá?
 
OP
OP
btx

btx

Portista Divino
FC Porto dispara para o clássico: "Só falta pôr Fábio Veríssimo"
Queixas do FC Porto relativamente à arbitragem de João Pinheiro contra o Vitória de Setúbal com novo capítulo este domingo. Conselho de Arbitragem não é poupado.

As queixas do FC Porto relativamente à arbitragem de João Pinheiro no Bonfim, com uma alegada grande penalidade sobre Otávio no centro da questão, continuam este domingo. Na newsletter "Dragões Diário", o FC Porto arrasada o juiz de Braga e lança críticas ao Conselho de Arbitragem.
"Repetem-se comportamentos inaceitáveis por quem tem a missão de zelar que o jogo decorra dentro das regras. O senhor João Pinheiro, um desses internacionais proveta, conseguiu a proeza de transformar um derrube a Otávio na área do Setúbal em cartão amarelo ao nosso jogador. Isto já não é só sorte ou azar, porque tal como em Alvalade, jogo também arbitrado por um desses - segundo o douto Conselho de Arbitragem - árbitros promissores, o FC Porto voltou a ser claramente prejudicado. Agora só falta mesmo pôr Fábio Veríssimo no clássico da próxima semana", escreveu.

"A mudança que se anunciou com o novo Conselho de Arbitragem, que garantia que as competições se voltavam a decidir exclusivamente pelo valor das equipas, está a resultar em mais do mesmo, com estes juízes que foram internacionais antes de serem árbitros a terem um peso inaceitável na classificação", continuou o FC Porto, para quem as queixas não se limitam ao lance na grande área do Vitória de Setúbal.

"Se o pecado de João Pinheiro tivesse sido a grande penalidade não assinalada ainda se podia achar que tinha sido um caso sem exemplo, mas quem viu o jogo sabe bem a tendência do sr. árbitro, tanto a marcar faltas a todo o contacto dos jogadores do FC Porto e a aplicar um "critério largo" quando era o contacto era provocado pelo adversário. E depois temos os descontos, um assunto que por si só merecia um estudo, que neste jogo ficaram muito longe do tempo efetivamente perdido, tanto na primeira como na segunda parte", finaliza.

@ O JOGO
 

DLX17

DLX17
Só é pena não ter sido dito pelo Presidente logo no fim do jogo, assim vai caindo em saco roto...
 
Isto é gravíssimo. E também o motivo pelo qual se tem respirado melhor quando se entra no Mais Futebol:

A expulsão de Danilo em Moreira de Cónegos podia ter ficado como um infeliz acontecimento e uma decisão precipitada de um árbitro inexperiente, mas infelizmente é muito mais do que isso e é reveladora do monstro que controla o futebol português. Danilo viu o segundo cartão amarelo e consequente vermelho depois de ter sido abalroado pelo árbitro Luís Godinho. Todo o país viu e até o mundo, com as imagens a correrem por todo o planeta, tal o inusitado da situação. Logo no dia seguinte, no jornal Record, por exemplo, saiu uma notícia com o título "Bocas na origem da expulsão", versão profusamente divulgada ontem em diversos jornais, com a tese de que o nosso jogador foi expulso por palavras inapropriadas. Acontece que o relatório do árbitro é secreto, enviado eletronicamente pelo árbitro para os reponsáveis pela arbitragem, sem conhecimento dos clubes ou de qualquer outra pessoa. Coloca-se então a pergunta, como souberam os jornais o que o árbitro alegadamente escreveu no relatório? Souberam pela Federação Portuguesa de Futebol e pelo seu gabinete de comunicação, designadamente pelo seu diretor Luís Sobral. Explicando melhor porque o caso é especialmente grave, Luís Sobral enviou para mais de um jornal um link de um vídeo em que alegadamente se provavam palavras do jogador Danilo. E qual é o problema, questiona o leitor? O problema é que, para além de ser mentira, não cabe à federação e aos seus funcionários tomarem partido no que quer que seja, mas ainda é mais grave quando vemos alguém da federação tomar as dores do árbitro Luís Godinho em detrimento do comendador, campeão da Europa e jogador da seleção nacional e do FC Porto Danilo Pereira. Isto é inaceitável, o FC Porto exige explicações e medidas da parte da Federação Portuguesa de Futebol. Este é mais um exemplo do monstro que controla o futebol português. A federação devia ser neutra, mas se tivesse de tomar partido compreendia-se que o fizesse a favor de Danilo, que é jogador da seleção e contribuiu para a maior conquista da selecção. Com que cara esta gente encarará Danilo Pereira quando for chamado à seleção nacional? A quem interessa que a federação tome o partido do até esta semana desconhecido árbitro Luís Godinho? Ao Benfica, claro, que estende os tentáculos por todo o lado e quando de um lado está o FC Porto a verdade e os princípios não interessam para nada e há que montar uma encenação que prejudique o nosso clube. Assim se compreendem bem os recentes elogios de Luís Filipe Vieira a Fernando Gomes na tradicional entrevista de ano novo ao jornal "A Bola", mas mais não são do que beijos de Judas. Tem a palavra o presidente da federação.
----
E isto é só mais uma ação de propaganda:

O menu foi aliciante, águia Vitória à la plancha em cama de papoilas saltitantes, bem regado por um Vilarinho reserva. Os comensais saíram satisfeitos mas tudo não passou de pura fantasia. Outra das facetas do polvo benfiquista é a propaganda ao melhor estilo nazi, utilizando todos os métodos, exceto a verdade. A página Hugo Gil e Benfica "noticiou" um almoço num hotel lisboeta entre o autor destas linhas e o diretor de comunicação do Sporting Nuno Saraiva, para concertarem posições. Acontece que o autor destas linhas não conhece Nuno Saraiva, nunca esteve com ele, em almoço, jantar, ou em qualquer outra situação e jamais faria alianças espúrias, como seria sempre uma aliança entre clubes rivais como são o FC Porto e o Sporting. Há gente mesmo sem escrúpulos e convém não esquecer que a página em causa é um panfleto oficioso controlado bem de dentro do Estádio da Luz. Só escolhe a mentira quem se incomoda com a verdade.
 

Mr. Robot

Portista Divino
Mentalizem-se que nada mudará até o regime vencer o hexa. Já ando a dizer isto há muito tempo. Não é o tetra nem o penta. Eles querem bater o nosso penta, conseguindo o hexa...
 

NERU

Portista Divino
Isto é gravíssimo. E também o motivo pelo qual se tem respirado melhor quando se entra no Mais Futebol:

A expulsão de Danilo em Moreira de Cónegos podia ter ficado como um infeliz acontecimento e uma decisão precipitada de um árbitro inexperiente, mas infelizmente é muito mais do que isso e é reveladora do monstro que controla o futebol português. Danilo viu o segundo cartão amarelo e consequente vermelho depois de ter sido abalroado pelo árbitro Luís Godinho. Todo o país viu e até o mundo, com as imagens a correrem por todo o planeta, tal o inusitado da situação. Logo no dia seguinte, no jornal Record, por exemplo, saiu uma notícia com o título "Bocas na origem da expulsão", versão profusamente divulgada ontem em diversos jornais, com a tese de que o nosso jogador foi expulso por palavras inapropriadas. Acontece que o relatório do árbitro é secreto, enviado eletronicamente pelo árbitro para os reponsáveis pela arbitragem, sem conhecimento dos clubes ou de qualquer outra pessoa. Coloca-se então a pergunta, como souberam os jornais o que o árbitro alegadamente escreveu no relatório? Souberam pela Federação Portuguesa de Futebol e pelo seu gabinete de comunicação, designadamente pelo seu diretor Luís Sobral. Explicando melhor porque o caso é especialmente grave, Luís Sobral enviou para mais de um jornal um link de um vídeo em que alegadamente se provavam palavras do jogador Danilo. E qual é o problema, questiona o leitor? O problema é que, para além de ser mentira, não cabe à federação e aos seus funcionários tomarem partido no que quer que seja, mas ainda é mais grave quando vemos alguém da federação tomar as dores do árbitro Luís Godinho em detrimento do comendador, campeão da Europa e jogador da seleção nacional e do FC Porto Danilo Pereira. Isto é inaceitável, o FC Porto exige explicações e medidas da parte da Federação Portuguesa de Futebol. Este é mais um exemplo do monstro que controla o futebol português. A federação devia ser neutra, mas se tivesse de tomar partido compreendia-se que o fizesse a favor de Danilo, que é jogador da seleção e contribuiu para a maior conquista da selecção. Com que cara esta gente encarará Danilo Pereira quando for chamado à seleção nacional? A quem interessa que a federação tome o partido do até esta semana desconhecido árbitro Luís Godinho? Ao Benfica, claro, que estende os tentáculos por todo o lado e quando de um lado está o FC Porto a verdade e os princípios não interessam para nada e há que montar uma encenação que prejudique o nosso clube. Assim se compreendem bem os recentes elogios de Luís Filipe Vieira a Fernando Gomes na tradicional entrevista de ano novo ao jornal "A Bola", mas mais não são do que beijos de Judas. Tem a palavra o presidente da federação.
----
E isto é só mais uma ação de propaganda:

O menu foi aliciante, águia Vitória à la plancha em cama de papoilas saltitantes, bem regado por um Vilarinho reserva. Os comensais saíram satisfeitos mas tudo não passou de pura fantasia. Outra das facetas do polvo benfiquista é a propaganda ao melhor estilo nazi, utilizando todos os métodos, exceto a verdade. A página Hugo Gil e Benfica "noticiou" um almoço num hotel lisboeta entre o autor destas linhas e o diretor de comunicação do Sporting Nuno Saraiva, para concertarem posições. Acontece que o autor destas linhas não conhece Nuno Saraiva, nunca esteve com ele, em almoço, jantar, ou em qualquer outra situação e jamais faria alianças espúrias, como seria sempre uma aliança entre clubes rivais como são o FC Porto e o Sporting. Há gente mesmo sem escrúpulos e convém não esquecer que a página em causa é um panfleto oficioso controlado bem de dentro do Estádio da Luz. Só escolhe a mentira quem se incomoda com a verdade.
Que estouro... já tinha saudades desta revolta fodasse, como se chama o gajo que escreveu isto? Enorme, quanto ao texto é gravíssimo e ao mesmo tempo não surpreende ninguém.
 
Que estouro... já tinha saudades desta revolta fodasse, como se chama o gajo que escreveu isto? Enorme, quanto ao texto é gravíssimo e ao mesmo tempo não surpreende ninguém.
Ai ai ai que o menino não é subscritor da newsletter :mrgreen:
Francisco J. Marques. Director dr Comunicação, o mesmo que esteve no Porto Canal na quarta-feira.
 

24hdragao

Only One Race The Human Race
Até que diz umas verdades esta espécie de jornal e começa a fazer-se ouvir, mas continua a não ter uma expressão que permita resolver seja o que for.
Para nos fazermos ouvir só há uma maneira e felizmente os SD sabem qual é!
Desta vez a corja foi avisada (o Soares Dias como não é dos piores, mereceu ser o avisado) o próximo tem mesmo que comer na boca à força toda, não querem adeptos fdp não sejam fdp com os adeptos, o que se está a passar já não vai lá com falinhas mansas, querem e estão a conseguir mandar-nos ao tapete e a verdade é que não estamos a dar-lhes luta, por variadíssimas razões entre as quais as constantes nojentas e gozonas roubalheiras, relativamente às quais repito só agora nos estamos a fazer ouvir (pouco), "sons" que até agora não tiveram qualquer repercussão, basta ver a roubalheira jogo após jogo. Não ouvem?? À que fazê-los sentir...
 
Top