[fcporto.pt] Comunicados

famaboys

Eterno #4
Tio Hans disse:
Theon disse:
Imagino que tenha sido uma imitação qualquer (acho que o Franco-Bastos está nesse programa) com referências a apito dourado e fruta pelo meio (porque para a imprensa centralista, não aconteceu mais nada na última década).

Não estou a ver é porquê o stress todo. Não será a primeira, nem a última vez que fazem algo do género.

Não há a porra de uma referência a isso. Comunicado despropositado, e patético. Pior, se houver alguma coisa de mais "grave" será sempre referente à vida pessoal do PdC. Ora, eu pergunto, que raio tem o Porto a ver com a vida pessoal do PdC?

O mesmo que teve a ver quando ambos recorreram da sentença........ Oh w8.
 

oblik

#neymarémodakelvinéfoda
Há momentos muito infelizes nesse segmento, nomeadamente quando colam o presidente do clube a crimes/assassinatos e insinuam que queremos que os nossos jogadores não sejam convocados.
 
J

Jorge Pedroto

Guest
Tio Hans disse:
Theon disse:
Imagino que tenha sido uma imitação qualquer (acho que o Franco-Bastos está nesse programa) com referências a apito dourado e fruta pelo meio (porque para a imprensa centralista, não aconteceu mais nada na última década).

Não estou a ver é porquê o stress todo. Não será a primeira, nem a última vez que fazem algo do género.

Não há a porra de uma referência a isso. Comunicado despropositado, e patético. Pior, se houver alguma coisa de mais "grave" será sempre referente à vida pessoal do PdC. Ora, eu pergunto, que raio tem o Porto a ver com a vida pessoal do PdC?
Se falam em apito dourado e acusam o Pinto da Costa de comprar árbitros, não estão a denegrir a imagem do FC Porto????

Já cansa essa tentativa de ser hipster e anti PdC só para dizer que sabe pensar pela própria cabeça. Parabéns, o teu professor de filosofia está orgulhoso!
 
J

Jorge Pedroto

Guest
famaboys disse:
Tio Hans disse:
Theon disse:
Imagino que tenha sido uma imitação qualquer (acho que o Franco-Bastos está nesse programa) com referências a apito dourado e fruta pelo meio (porque para a imprensa centralista, não aconteceu mais nada na última década).

Não estou a ver é porquê o stress todo. Não será a primeira, nem a última vez que fazem algo do género.

Não há a porra de uma referência a isso. Comunicado despropositado, e patético. Pior, se houver alguma coisa de mais "grave" será sempre referente à vida pessoal do PdC. Ora, eu pergunto, que raio tem o Porto a ver com a vida pessoal do PdC?

O mesmo que teve a ver quando ambos recorreram da sentença........ Oh w8.
Não fales do que não sabes. Não percebes nada de leis...
 

btx

Portista Divino
Ridículo o comunicado, enfim. Depois tanta merda que vem na imprensa e é dita bem pior e ninguém faz nada. Estamos entregues aos bichos, só se preocupam com coisas de treta. E parece-me que disputas pessoais, ainda que no nome do presidente, o nome do clube não devia entrar no jogo.
 

Pai Hans

Conhecido anteriormente por Tio
Membro do Staff
Jorge Pedroto disse:
Tio Hans disse:
Theon disse:
Imagino que tenha sido uma imitação qualquer (acho que o Franco-Bastos está nesse programa) com referências a apito dourado e fruta pelo meio (porque para a imprensa centralista, não aconteceu mais nada na última década).

Não estou a ver é porquê o stress todo. Não será a primeira, nem a última vez que fazem algo do género.

Não há a porra de uma referência a isso. Comunicado despropositado, e patético. Pior, se houver alguma coisa de mais "grave" será sempre referente à vida pessoal do PdC. Ora, eu pergunto, que raio tem o Porto a ver com a vida pessoal do PdC?
Se falam em apito dourado e acusam o Pinto da Costa de comprar árbitros, não estão a denegrir a imagem do FC Porto????

Já cansa essa tentativa de ser hipster e anti PdC só para dizer que sabe pensar pela própria cabeça. Parabéns, o teu professor de filosofia está orgulhoso!
Já o teu professor de português deve sentir-se envergonhado com a tua iliteracia. Consegues perceber tudo ao contrário, é incrível.
 

famaboys

Eterno #4
Jorge Pedroto disse:
famaboys disse:
Tio Hans disse:
Theon disse:
Imagino que tenha sido uma imitação qualquer (acho que o Franco-Bastos está nesse programa) com referências a apito dourado e fruta pelo meio (porque para a imprensa centralista, não aconteceu mais nada na última década).

Não estou a ver é porquê o stress todo. Não será a primeira, nem a última vez que fazem algo do género.

Não há a porra de uma referência a isso. Comunicado despropositado, e patético. Pior, se houver alguma coisa de mais "grave" será sempre referente à vida pessoal do PdC. Ora, eu pergunto, que raio tem o Porto a ver com a vida pessoal do PdC?

O mesmo que teve a ver quando ambos recorreram da sentença........ Oh w8.
Não fales do que não sabes. Não percebes nada de leis...

Elucida-me, então. É que para mim só recorrer o Exmo senhor Jorge Nuno Pinto da Costa da sentença é um ultraje e um ataque à imagem do clube. :)
 
J

Jorge Pedroto

Guest
Informem-se antes de falar ;)

E para o Tio Hans, agora desiludiste o teu professor de filosofia porque nem um argumento consegues formular, é tudo na base dos ataques pessoais.
 

famaboys

Eterno #4
Então explica lá pá... Informa-me lá porque é que ele recorreu da sentença e o clube assumiu a culpa...

Enviado do meu Le 1 Pro através de Tapatalk
 

famaboys

Eterno #4
Bem me parecia que não tinhas capacidade para argumentar contra.

Enviado do meu Le 1 Pro através de Tapatalk
 

Pai Hans

Conhecido anteriormente por Tio
Membro do Staff
Jorge Pedroto disse:
Tio Hans disse:
Theon disse:
Imagino que tenha sido uma imitação qualquer (acho que o Franco-Bastos está nesse programa) com referências a apito dourado e fruta pelo meio (porque para a imprensa centralista, não aconteceu mais nada na última década).

Não estou a ver é porquê o stress todo. Não será a primeira, nem a última vez que fazem algo do género.

Não há a porra de uma referência a isso. Comunicado despropositado, e patético. Pior, se houver alguma coisa de mais "grave" será sempre referente à vida pessoal do PdC. Ora, eu pergunto, que raio tem o Porto a ver com a vida pessoal do PdC?
Se falam em apito dourado e acusam o Pinto da Costa de comprar árbitros, não estão a denegrir a imagem do FC Porto? ???

Já cansa essa tentativa de ser hipster e anti PdC só para dizer que sabe pensar pela própria cabeça. Parabéns, o teu professor de filosofia está orgulhoso!

Jorge Pedroto disse:
Informem-se antes de falar ;)

E para o Tio Hans, agora desiludiste o teu professor de filosofia porque nem um argumento consegues formular, é tudo na base dos ataques pessoais.

O Theon, sem ver o vídeo assumiu que o Franco-Bastos tinha falado de fruta. Eu desmenti-o e disse que aquilo que, de mais grave que o Franco-Bastos tinha a ver com a vida pessoal do Presidente. E não menti, uma vez que são feitas várias referências à mulher do PdC e, numa delas em que é dito que ela é fã do apresentador, é dito que o Pedro Fernandes se arrisca a aparecer a boiar no Douro. Vai daí eu perguntei, porque é que teve de ser o Porto a reagir, porque o Porto, que eu saiba, não tem nada a ver com a vida pessoal do PdC e da sua mulher. E tu não percebeste nada do que eu escrevi e resolveste armar-te em engraçadinho.

E por aqui me fico. Não tenho qualquer interesse em continuar a discutir com alguém que, para além de não perceber português, aparece de isqueiro numa mão e um bidão de gasolina na outra. Ficas a falar sozinho, a partir de agora.
 

Edgar Siska

Dark Lord
Membro do Staff
Nunca há de acabar esta tristeza de cada vez que falam do Porto as piadinhas são quase a reflectir o clube como um "estado mafioso" e uma organização ao estilo cosa nostra, e as frutas e o cafés e o mesmo paleio de sempre.
Mas está a tornar-se hip deixa-los falar a vontade porque "há coisas piores".
 

SD_1986

Portista Divino
s%c3%admbolo_noticia.jpg


ESCLARECIMENTO DO DIRETOR DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SOBRE A ACUSAÇÃO MENTIROSA DO SINDICATO DOS JORNALISTAS AO FC PORTO


O Sindicato dos Jornalistas acusou o FC Porto de “clima de intimidação” no Estádio do Dragão. A acusação para lá de gratuita é absolutamente mentirosa e não honra um órgão que devia zelar por tão nobre profissão.

Porque põe em causa o bom nome do FC Porto obriga a um esclarecimento público.

Vamos aos factos: na segunda-feira, durante o jogo com o Chaves, registaram-se dois incidentes. Primeiro, uma jornalista em serviço pela agência Lusa festejou o golo do Chaves, o que o FC Porto considera um comportamento incorreto. Mais tarde, um jornalista em serviço para a rádio TSF, entrou em diálogo com adeptos que estavam um pouco exaltados com o desenrolar do jogo, que como sabemos foi cheio de polémica, comportamento que o FC Porto também considera incorreto.

Nunca em momento algum o FC Porto intimidou fosse de que forma fosse qualquer destes dois jornalistas ou outros, como podem atestar todos os jornalistas que estavam na bancada de imprensa do Estádio do Dragão. Mais, porque a segunda situação foi a que gerou mais efervescência, a preocupação imediata foi garantir que o jornalista pudesse sair do Estádio sem qualquer problema, o que veio a acontecer, como certamente o próprio jornalista confirmará se a direção do sindicato se der ao trabalho de o contactar – eu sei, saber a verdade é uma chatice quando a verdade contraria os fins que queremos atingir.

No dia seguinte, fui contactado pelo diretor da TSF, o jornalista Arsénio Reis, a quem transmiti que era importante perceber que não é razoável jornalistas entrarem em diálogo com a bancada, mesmo que estejam a ser insultados, como parece ter sido o caso. Arsénio Reis disse que era da mesma opinião, expressou o seu ponto de vista, fez as críticas que entendeu, ouviu o nosso ponto de vista e o assunto ficou encerrado para ambas as partes, sem beliscar as relações normais entre uma instituição como o FC Porto e um órgão de media com prestígio e história no nosso país. Hoje mesmo, ao final da tarde, quando tomei conhecimento do comunicado do Sindicato dos Jornalistas, fui eu que liguei ao diretor da TSF, para lhe perguntar se tinha sido contactado pelo sindicato para obter algum esclarecimento. A resposta, que me autorizou a tornar pública, foi que oficialmente não houve qualquer contacto com a direção da TSF, nem com o jornalista em causa, desconhecendo também algum contacto informal, mas não podendo garantir porque tinha estado em reunião prolongada.

Vamos agora à história da agência Lusa. Uma jornalista devidamente acreditada para o jogo pretendeu à chegada sentar-se num outro lugar que não o que lhe estava previamente atribuído e que era junto aos dois colegas do mesmo órgão também acreditados para o jogo. A pretensão foi-lhe negada, sendo-lhe indicado o lugar, apesar da insistência de jornalistas amigos, em serviço para órgãos da imprensa regional de Chaves. Mais tarde, durante o jogo e momentos após o golo do Chaves, a mesma jornalista foi vista a cerrar o punho, em gesto de celebração do golo.

O FC Porto, através do seu presidente e através do Dragões Diário, nesse dia assinado por mim, condenou o comportamento de ambos os jornalistas. E condenou-o porque este género de atitudes são ou podem ser o rastilho para acontecimentos incontroláveis, especialmente se forem vistos por adeptos.

Uma breve averiguação permitiu perceber uma série de coisas em relação a este caso e essas sim deviam preocupar e muito o Sindicato dos Jornalistas se porventura ainda houver por lá alguém capaz de fazer jornalismo.

O Sindicato dos Jornalistas acha um comportamento aceitável e adequado um jornalista celebrar um golo durante um jogo de futebol? O Sindicato dos Jornalistas não quis ouvir o FC Porto e ouviu alguém? Ouviu os colegas da jornalista, que estavam sentados nos lugares adjacentes? Ouviu outros jornalistas presentes no local? A jornalista estava em trabalho ou aproveitou o expediente de pedir uma acreditação para ir ver o jogo? Estará a direção da agência Lusa disponível para tornar pública a agenda de marcação de serviços desse dia, onde se poderá, sem quaisquer dúvidas, aferir-se se a jornalista fala verdade ou mente quando diz que foi em trabalho? Procurou o Sindicato dos Jornalistas saber se a jornalista pediu para lhe deixarem escrever um texto para justificar a presença na bancada de imprensa? Porque se trata do Sindicato dos Jornalistas e não dos metalúrgicos ou dos engenheiros, com todo o respeito por todas as profissões, não era expetável um especial cuidado na acusação mentirosa que faz ao FC Porto?

A falta da atenção que esta direção sindical tem merecido dos seus próprios associados gerou-lhe o chamado síndrome de Pinóquio: o desprezo provoca-lhe agitação quando divisa algum possibilidade de chamar à atenção e essa hiperatividade infantil acaba por denegar os mais elementares princípios do jornalismo, como o do contraditório, assim transformando factos em efabulações apenas para tentar provar que existe...

Esta direção sindical mente. E mente porque não quer saber a verdade. E não quer saber a verdade porque essa não lhe garante ser citada. E não sendo citada, esta direção sindical permanece hibernada em relação aos grandes problemas do jornalismo. Que seguramente não são meras questiúnculas de comadres.

Francisco J. Marques

FC Porto
 

SD_1986

Portista Divino
s%c3%admbolo_noticia.jpg


COMUNICADO


Em face de notícias vindas a público sobre um encontro de trabalho entre os responsáveis pela comunicação do FC Porto e Sporting CP, apelidada pelo jornal Correio da Manhã, pelo canal de televisão CMTV e o seu comentador José Manuel Freitas como Cimeira anti-Benfica, importa esclarecer o seguinte:

1 – É um facto que a reunião existiu, mas é falso que na base da sua motivação esteja qualquer sentimento “anti”, seja contra quem for.

2 – Os temas que foram abordados prendem-se com questões que consideramos fundamentais para o futuro e pacificação do futebol português e em que, verificámos, existe convergência de posições:
- o vídeo-árbitro e regras da sua implementação;
- a publicidade imediata dos relatórios dos árbitros e dos delegados;
- alterações ao regulamento disciplinar, de modo a que esteja conforme a Constituição da República e a que os castigos sejam confinados ao âmbito estritamente desportivo;
- propostas no sentido de que os recursos para o TAD e Conselho de Justiça tenham efeito suspensivo das decisões do Conselho de Disciplina;
- substituição imediata do coordenador dos delegados da Liga;
- reconhecimento dos títulos do Campeonato de Portugal como sendo de campeões nacionais, como consta da documentação oficial da Federação Portuguesa de Futebol e suas plataformas;
- regresso dos sumaríssimos para lances que o árbitro não tenha visto e sejam detetados pela transmissão televisiva;
- que a lei seja efectivamente cumprida no que respeita às claques e à violência no desporto, doa a quem doer;
- redução dos jogos disputados à noite.

3- As transmissões televisivas de jogos dos dois clubes nas modalidades, bem como a acreditação dos jornalistas dos órgãos dos respetivos clubes, foram também faladas, tendo-se chegado a um entendimento para o acesso dos profissionais de média aos pavilhões.

4 – Concluída esta reunião, verificámos que há caminho que pode e deve ser feito em conjunto, considerando que é muito mais aquilo que nos une do que aquilo que nos separa.

5 – Em face do que consideramos ser a urgência e necessidade de pacificação do futebol português, da obrigatoriedade de introduzir maior transparência e verdade desportiva e de defender aqueles que são os valores que devem nortear o desporto nacional, entendem os dois clubes estarem reunidas as condições para que seja desencadeado de imediato o processo de reatamento das relações institucionais entre o FC Porto e o Sporting CP.

Francisco J. Marques
Diretor de informação e Comunicação do FC Porto

Nuno Saraiva
Diretor de Comunicação do Sporting CP

FC Porto
 
Top