[UEFA Champions League] [Grupo C | 4ª Jornada] Olympique Marseille x FC Porto

Melhor em Campo:

  • #1 Marche

    Votos: 1 3,8%
  • #18 Manafá

    Votos: 0 0,0%
  • #19 Mbemba

    Votos: 0 0,0%
  • #32 Sarr

    Votos: 1 3,8%
  • #12 Zaidu

    Votos: 14 53,8%
  • #27 Sérgio

    Votos: 10 38,5%
  • #16 Grujic

    Votos: 0 0,0%
  • #25 Otávio

    Votos: 0 0,0%
  • #7 Diaz

    Votos: 0 0,0%
  • #11 Marega

    Votos: 0 0,0%
  • #17 Tecatito

    Votos: 0 0,0%
  • #9 Mehdi

    Votos: 0 0,0%
  • #10 Nakajima

    Votos: 0 0,0%
  • #23 João Mário

    Votos: 0 0,0%
  • #6 Loum

    Votos: 0 0,0%

  • Total voters
    26
  • Poll closed .

Kurk

Portista Divino
Na primeira parte quem agarra o jogo são o SO e o Grujic. Houve ali um momento de maior ascendente do Marselha que podia ter resultado neles a abrir o marcador, depois estabilizamos e o Zaidu aparece no jogo. Na segunda parte algumas paragens cerebrais preocupantes, com o Grujic em destaque. O Manafá no fim também manda uma enorme casa.

Não partilho da opinião generalizada do bom jogo do Otávio, acho que foi uma exibição bastante medíocre.

SO está a jogar o melhor futebol da vida dele.
 

DLX17

DLX17
Mas olha que para acaso eu até gostei do João. Acho que ele entrou bem, e tem entrado bem. Sei que ele não é o mais craque/consensual da nossa Geração de Ouro, mas eu gosto da atitude dele de se dar ao jogo.
O João Mário é banalissimo, nem sei se vai chegar ao nível de um Ukra... Mas para o Serjão conta mais a "atitude" e o "dar-se ao jogo" do que outra coisa qualquer.

Não tenho nada contra o miúdo, mas não vejo sair dali nada de especial. Oxalá me engane e que ele surpreenda, mas "dispensar" um Afonso Sousa e ficar com um João Mário, é algo que me ultrapassa.
 

oblik

#neymarémodakelvinéfoda
Agora com algum distanciamento, eu acho que para o Afonso Sousa foi muito melhor ter sido vendido. Primeiro porque eu acho que o Petit não é o mau treinador que pintam e vai fazê-lo crescer. Segundo porque vai ter tempo de jogo e pode voltar um dia, uma vez que mantivemos 50% do passe.

O João Mário tem-me surpreendido. Não tem medo de assumir o jogo e tem um à vontade que não esperava - falta perceber se qualitativamente corresponde.
 
Última edição:
Top