Jorge Nuno Pinto da Costa

respectivo

Portista Divino
Mas esses que dão bons conselhos não se demitem porque lhes cagam na boca e para o que dizem, fazendo o contrário? Como aconteceu com o Angelino Ferreira?
Amigo, completamente de acordo!

Só não quero é que o troquem por um ex treinador de futebol, só porque ele foi ex treinador de futebol! Não estou a dizer que o Villas não tem competências. Honestamente não as conheço, e acho que a grande maioria das pessoas que fala nele constantemente também as conhece...

Só tenho medo que no lugar de presidente metam um treinador de futebol, só isso
 
Nós estamos habituados à figura de um presidente agregador e com grande visão e conhecimentos de futebol, que chamasse muitas responsabilidades a si. E que de forma regular aplicasse uns golpes de asa.

Tivemos esse presidente durante muitos anos, mas mesmo ele soube rodear-se desde o início pelas melhores pessoas. As mais competentes.

Paulatinamente essas pessoas foram saindo. O Antero cria grande clivagem de opiniões, mas nem é preciso tocar nele. Lembrem-se do Angelino Ferreira, que saiu por não concordar com o rumo que as coisas estavam a levar. Hoje é o que gente sabe. E a UEFA. A UEFA também sabe muito bem.

Quem vier a seguir "só" tem de ser o rosto mais visível de uma equipa. Independentemente do seu perfil, há dois cargos absolutamente críticos: o de diretor desportivo e o de diretor financeiro. Não significa que o presidente diga que sim a tudo o que eles digam, mas tem de estar muito bem suportado. E depois há muitas outras áreas, um clube de futebol hoje em dia é uma empresa monstruosa, tem mesmo de ser uma equipa completa.

Hoje em dia temos um presidente que já passou há muito tempo o seu momento, rodeado de yes-men, incompetentes e sanguessugas. Uma das pessoas mais próximas e com maior influência no presidente não é um dirigente...é um empresário. Foi uma casualidade ele sair ao lado do presidente em Moreira de Cónegos? Foi só um encontro de amigos? Não. Só lhe falta ter um gabinete nos escritórios da SAD.
 

Vudu

Administrador
Membro do Staff
Nós estamos habituados à figura de um presidente agregador e com grande visão e conhecimentos de futebol, que chamasse muitas responsabilidades a si. E que de forma regular aplicasse uns golpes de asa.

Tivemos esse presidente durante muitos anos, mas mesmo ele soube rodear-se desde o início pelas melhores pessoas. As mais competentes.

Paulatinamente essas pessoas foram saindo. O Antero cria grande clivagem de opiniões, mas nem é preciso tocar nele. Lembrem-se do Angelino Ferreira, que saiu por não concordar com o rumo que as coisas estavam a levar. Hoje é o que gente sabe. E a UEFA. A UEFA também sabe muito bem.

Quem vier a seguir "só" tem de ser o rosto mais visível de uma equipa. Independentemente do seu perfil, há dois cargos absolutamente críticos: o de diretor desportivo e o de diretor financeiro. Não significa que o presidente diga que sim a tudo o que eles digam, mas tem de estar muito bem suportado. E depois há muitas outras áreas, um clube de futebol hoje em dia é uma empresa monstruosa, tem mesmo de ser uma equipa completa.

Hoje em dia temos um presidente que já passou há muito tempo o seu momento, rodeado de yes-men, incompetentes e sanguessugas. Uma das pessoas mais próximas e com maior influência no presidente não é um dirigente...é um empresário. Foi uma casualidade ele sair ao lado do presidente em Moreira de Cónegos? Foi só um encontro de amigos? Não. Só lhe falta ter um gabinete nos escritórios da SAD.

É muito isto. Por isso e que para mim o Vilas Bôas só poderia ser uma opção se fizer uma candidatura rodeado de gente muito competente e que não seja da actual estrutura.
E é importante como mencionou o respectivo que exista muita atenção as modalidades que o FCP não começa e acaba no futebol
 

Rui

Portista Lenda
É muito isto. Por isso e que para mim o Vilas Bôas só poderia ser uma opção se fizer uma candidatura rodeado de gente muito competente e que não seja da actual estrutura.
E é importante como mencionou o respectivo que exista muita atenção as modalidades que o FCP não começa e acaba no futebol
Parece-me evidente que da atual estrutura não contará com apoio de ninguém. O homem quando fala é logo atacado por todos os lados.
 

respectivo

Portista Divino
Eu acho que de certa forma estamos todos a dizer o mesmo, mas ok

Imaginemos que amanhã o Villas Boas é presidente do clube. Imaginemos que amanhã o Sérgio Conceição ainda é treinador do clube. Imaginemos que o Sérgio Conceição quer jogar no sistema de 4 4 2, mas o agora presidente quer que o FC Porto jogue no seu sistema favorito 4 3 3. Imaginemos que o FC Porto na jornada seguinte...

Quanto a essa de antes ter um um treinador do que um médico ou um trolha a presidente, honestamente não sei muito bem qual é a diferença. O presidente tem é que ser um bom gestor de recursos e de relações! Não vejo qual o relevo da profissão para isso honestamente... e se estávamos a falar do presidente do Braga, bem, então acho a coisa ainda mais realista! O que era o Braga antes do Salvador e o que é hoje... Não é sequer comparável! Quem me dera a mim que houvesse um candidato com as competências demonstradas e comprovadas como as do Salvador! Mas há alguma dúvida sobre o excelente trabalho que ele realizou até agora?
 

DLX17

DLX17
Mas alguém acredita que o André, como presidente, ia dar bitaites ao treinador sobre a tática a usar? :lol:
 
Eu acho que de certa forma estamos todos a dizer o mesmo, mas ok

Imaginemos que amanhã o Villas Boas é presidente do clube. Imaginemos que amanhã o Sérgio Conceição ainda é treinador do clube. Imaginemos que o Sérgio Conceição quer jogar no sistema de 4 4 2, mas o agora presidente quer que o FC Porto jogue no seu sistema favorito 4 3 3. Imaginemos que o FC Porto na jornada seguinte...

Quanto a essa de antes ter um um treinador do que um médico ou um trolha a presidente, honestamente não sei muito bem qual é a diferença. O presidente tem é que ser um bom gestor de recursos e de relações! Não vejo qual o relevo da profissão para isso honestamente... e se estávamos a falar do presidente do Braga, bem, então acho a coisa ainda mais realista! O que era o Braga antes do Salvador e o que é hoje... Não é sequer comparável! Quem me dera a mim que houvesse um candidato com as competências demonstradas e comprovadas como as do Salvador! Mas há alguma dúvida sobre o excelente trabalho que ele realizou até agora?
Sim, estamos todos a dizer o mesmo. Estamos todos fartos da atual direção e queremos alguém que lidere uma equipa competente.

Mas ninguém imagina nem o André nem outro qualquer a meter a colher nas opções do treinador. O que se diz é que se o novo presidente perceber de futebol será uma vantagem.
 

respectivo

Portista Divino
Mas alguém acredita que o André, como presidente, ia dar bitaites ao treinador sobre a tática a usar? :lol:
Não era o primeiro

Ele já esteve em algum cargo semelhante? E alguém também acreditava que o André sendo treinador de futebol, ia um dia abandonar a equipa para ir para o rally? É que eu também já vi coisas muito estúpidas do André também...
 

DLX17

DLX17
Sim, estamos todos a dizer o mesmo. Estamos todos fartos da atual direção e queremos alguém que lidere uma equipa competente.

Mas ninguém imagina nem o André nem outro qualquer a meter a colher nas opções do treinador. O que se diz é que se o novo presidente perceber de futebol será uma vantagem.
Óbvio. Faz todo o sentido ter alguém à frente de um clube de futebol que perceba efetivamente de futebol, não é garantia de nada, mas devia ser um princípio básico.

Para mim é simples, seja quem for o próximo presidente, que venha unicamente para servir o clube e não para se servir dele.
 

Vudu

Administrador
Membro do Staff
Isso dele querer ser Presidente e mais uma das muitas ideias que ele tem ou teve na cabeça. Quando o dinheiro não faz falta dá para ter muitos planos e saltar de um para outro sem grandes problemas.

Tenho para mim que quem queira ganhar em 2024 já vai começar a campanha este ano...
 

oblik

Portista Divino
Eu acho que de certa forma estamos todos a dizer o mesmo, mas ok

Imaginemos que amanhã o Villas Boas é presidente do clube. Imaginemos que amanhã o Sérgio Conceição ainda é treinador do clube. Imaginemos que o Sérgio Conceição quer jogar no sistema de 4 4 2, mas o agora presidente quer que o FC Porto jogue no seu sistema favorito 4 3 3. Imaginemos que o FC Porto na jornada seguinte...

Quanto a essa de antes ter um um treinador do que um médico ou um trolha a presidente, honestamente não sei muito bem qual é a diferença. O presidente tem é que ser um bom gestor de recursos e de relações! Não vejo qual o relevo da profissão para isso honestamente... e se estávamos a falar do presidente do Braga, bem, então acho a coisa ainda mais realista! O que era o Braga antes do Salvador e o que é hoje... Não é sequer comparável! Quem me dera a mim que houvesse um candidato com as competências demonstradas e comprovadas como as do Salvador! Mas há alguma dúvida sobre o excelente trabalho que ele realizou até agora?

Acho muito bem. Se o Presidente, figura máxima do clube, acha que o futebol profissional tem que ter uma identidade própria, perfeito. Já devíamos ter isso há séculos!

Se o Porto fixar que quer jogar em 4-3-3 tiki-taka ou em 4-2-3-1 Gegenpress ou 4-4-2 CA todas as decisões são feitas para isso e dependes muito menos das peças que estão nos cargos, sejam directores desportivos, scouting, treinadores, gestores de formação, etc..

Contratas treinadores que vêem o futebol como tu, contratas jogadores que encaixam no plantel independentemente do treinador, formas jogadores de forma a chegarem ao futebol profissional com rotinas próprias. Crias uma identidade.

Isto seria ter uma gestão de topo.

Enquanto tivermos medo de escolher o Presidente, ou tomar qualquer outra decisão incómoda, porque o treinador pode amuar, estamos todos fodidos.
 

Enigmatic

Portista Divino
Acho muito bem. Se o Presidente, figura máxima do clube, acha que o futebol profissional tem que ter uma identidade própria, perfeito. Já devíamos ter isso há séculos!

Se o Porto fixar que quer jogar em 4-3-3 tiki-taka ou em 4-2-3-1 Gegenpress ou 4-4-2 CA todas as decisões são feitas para isso e dependes muito menos das peças que estão nos cargos, sejam directores desportivos, scouting, treinadores, gestores de formação, etc..

Contratas treinadores que vêem o futebol como tu, contratas jogadores que encaixam no plantel independentemente do treinador, formas jogadores de forma a chegarem ao futebol profissional com rotinas próprias. Crias uma identidade.

Isto seria ter uma gestão de topo.

Enquanto tivermos medo de escolher o Presidente, ou tomar qualquer outra decisão incómoda, porque o treinador pode amuar, estamos todos fodidos.

Já tivemos pelo menos 2 treinadores que tinham essa visão (de ter o clube a jogar no mesmo esquema tático), foram ambos corridos.
 
Top